segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Você sabe o que é Mineralograma?

Você sabia que o perfil mineral de uma pessoa pode ser medido com apenas 2 gramas de cabelo?

Mineralograma é o nome dado ao check-up high tech que traça a quantidade de mineral existente no organismo de uma pessoa, o que, por sua vez, determina o seu estado de Saúde. No Mineralograma a amostra de cabelo é lavada por solventes especiais e analisada por uma aparelhagem computadorizada que elabora um relatório complexo sobre os níveis de cada mineral no organismo.

Um exame químico dos fios de cabelo indica um perfil detalhado dos últimos 3 meses do paciente e revela, muitas vazes, um quadro mais real do que o obtido com os exames de sangue e urina.

Tudo começou há 200 anos quando o médico e cientista Alemão Samuel Hahnemann afirmou que distúrbios físicos, emocionais e mentais da era moderna eram causados pela revolução Industrial. Hahnemann, conhecido hoje como pai da Homeopatia, descobriu que diversos tipos de doenças tinham uma causa comum: certas substâncias químicas como chumbo e alumínio, estavam em excesso no organismo humano. Sua teoria foi definitivamente comprovada graças ao Mineralograma Capilar, a análise química dos fios de cabelo. Bastava um exame desses para evitar que um pintor como Van Gogh morresse louco contaminado pelo chumbo que continha suas tintas

O Mineralograma revela os excessos de metais pesados e a deficiência de minerais essenciais no organismo. Esses metais penetram no nosso corpo através do consumo de alimentos comprometidos, da utilização abusiva de produtos industrializados e da exposição ambiental a essas substâncias.

Com o passar do tempo essas substâncias tóxicas vão se acumulando em certas áreas do corpo humano, esse desequilíbrio fica registrado nada mais nada menos que nos cabelos! Condensados nos fios, são facilmente detectáveis cerca de 30 minerais essenciais e metais tóxicos que fornecem ao médico um quadro amplo de informações. Esses dados permitem um diagnóstico preciso de como está o nosso metabolismo, quais as carências ou eventuais deficiências.

Minerais importantes para a Saúde dos Cabelos


- Ferro: Sua carência geralmente é determinada por regimes vegetarianos e pode causar: hipovitaminose C, insuficiência renal crônica, hemorragias e dermatoses descamantes. No cabelo o efeito principal da falta de ferro é queda dos fios.


- Zinco: Muito comum em idosos, sua falta pode determinar cabelos finos, quebradiços, sem brilho ou avermelhados. Principal causa da falta de Zinco no organismo é alteração na absorção, além de nutrientes inadequados.


- Cobre: Importantíssimo em vários processos metabólicos, sua falta tem influência também sobre a hemoglobina, consequentemente na oxigenação celular, causando queda de cabelo e dermatoses, inclusive no couro cabeludo.


- Selênio: Sua falta provoca clareamento dos cabelos.


- Iodo: O excesso ou carência modificam as secreções tiroidianas, influenciando diretamente na reprodução celular dos folículos.


- Cálcio, Magnésio e Fósforo: Indispensáveis no transporte Celular. Sua deficiência é causada por hábitos alimentares disfuncionais prejudicando o crescimento dos fios.


Dicas da Medicina Ortomolecular


- Complexo B: Encontrado em Carnes, Cereais Integrais, Farelos, Frutas, Grãos e Nozes é fundamental para a saúde da pele e dos cabelos. Dentre os elementos que compõem o Completo, existe a Biotina, o Ácido Pantotênico e o Inositol que atuam na fibra capilar.


- L-Cisteína: Encontrado em Proteínas de origem animal como Carnes, Laticínios e Ovos, é a precursora da Queratina, quando associada a vitamina B6 tem sua absorção facilitada.


- Zinco: Encontrado em Frutos do Mar, Carnes, Fígado, frutas secas e Sementes de Abóbora, possui poder antioxidante e facilita a irrigação no Bulbo capilar. Nos homens inibe a ação da enzima 5-alfaredutase que desencadeia a queda capilar de origem genética.


- Cobre: Encontrado em Leguminosas, Frutos do Mar, Feijão, Aves, Fígado e Frutas secas, trabalha em parceria com o Zinco.


- Enxofre: Encontrado em Peixe Cru, Alho, Cebola e Pimentão Vermelho. Antioxidante, é o 4º mineral mais abundante no organismo e é fundamental na produção de Cisteína, o aminoácido básico da queratina.


- Sílica: Pode ser encontrada no Chá da Cavalinha. Muito difícil de ser encontrada através da alimentação, ela fortalece a estrutura do fio.


- Co-Enzima Q10: Encontrada em Peixes de água Fria. É particularmente indicada para diabéticos. Age na mitocôndria, a central de energia da célula, melhorando a circulação sanguínea e otimizando o aporte de nutrientes no bulbo.


- Ômega 3 e Ômega 6: Encontrado nos Óleos de Prímula, Salmão e Linhaça, nas sementes de linhaça ou em Peixes de Água Fria. Fortalece a estrutura do Cabelo.


sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Verdades e Mitos


Desde o Inicio dos tempos o homem criou seus Mitos e muitos perduram até hoje.
De tempo em tempo surgem novos mitos que com o passar dos anos acabam soando como verdade e às vezes consegue nos colocar em dúvida.

Cabeleireira Menstruada pode?

Essa eu juro que nunca entendi, o que tem a ver o "Chico" da Cabeleireira com o seu cabelo?


Profissional de Cabelo Crespo vai encrespar meu cabelo?

Acreditem, ainda existem pessoas que acreditam que cortando o cabelo com pessoas de cabelos crespos seus cabelos ficaram crespos como o do profissional. A textura dos cabelos é determinada pelo formato do foliculo e isso profissional algum pode mudar, trata-se de uma predisposição genética. Acredita-se nesse mito por que na puberdade a textura dos cabelos tende a mudar assim como outras partes do corpo.


Cortar na Lua Crescente faz o cabelo crescer?

Esta crendice tem origem nas mitologias dos povos agrícolas, que achavam que o que era bom para as plantas servia para os cabelos. Acretita-se que corando na Lua Minguante consegue-se reduzir volume em cabelos muito volumosos, Na Lua Cheia daria volume, na Lua Nova os Fios se renovariam e na Lua Crescente as madeixas ficariam enormes. Até hoje não há provas cientificas sobre a influência do calendário lunar sob os cabelos.

Aparar o cabelo mensalmente acelera o crescimento?

Novamente o mesmo erro de comparar os cabelos com a poda de plantas. O fio cresce cerca de 1 cm por mês, cortando-o ou não. O corte apenas visa retirar as partes mais danificadas, como pontas duplas, deixando o conjunto mais saudável e harmônico. O corte não tem o poder de acelerar o crescimento dos fios.


Água fria deixa o cabelo mais brilhante?

A temperatura certa para lavar os cabelos é 22º, pois a água excessivamente quente prejudica a saúde dos fios, estimulando a produção das glândulas sebáceas. Portanto a temperatura recomendada, no inverno e no verão, é a morna.


Pode lavar o Cabelo durante a Menstruação?

Claro que pode, assim como quando não se está menstruada! Essa é uma crendice dos tempos da sua avó e não tem nenhuma base científica.



Tinta estraga o cabelo?

Todo produto químico tente a agredir o fio, hoje encontra-se produtos que alem de colorir possuem vitaminas para tratar o fio. Colorir os fios de vários tons diferentes durante o mês vai sim danificar a fibra. Evite ficar trocando de tons, escolha um que combine com o seu tom de pele e personalidade e mantenha. Não esquecendo de hidratar os fios semanalmente.


Se pentear embaixo do chuveiro estraga o cabelo?

Quando molhados, os fios tornam-se mais frágeis. Depois de aplicar o condicionador, para desembaraçá-los debaixo do chuveiro, prefira o uso dos dedos ou de pentes com bocas largas. Inicie o desembaraço das pontas para as raízes.


Faz mal lavar os cabelos todos os dias?

No Brasil é quse impossivel não lavar os cabelos diariamente. Ao longo do dia os fios ficam expostos a todo tipo de poluição externa. Lavar os cabelos todos os dias faz parte da rotina de boa parte das mulheres brasileiras. Portanto, lavar os cabelos todos os dias não faz mal, desde que os produtos utilizados sejam balanceados e adequados ao seu tipo de cabelo.


Deixar a máscara de tratamento nos cabelos por mais tempo otimiza o resultado?

Na verdade não! As Máscaras de hidratação tem seu tempo de ação, deixar o produto mais do que o necessários pode deixar os fios oleosos principalmente se entrarem em contato com o couro cabeludo. Procure aplicarar as máscaras de tratamento apartir de 3 dedos da raiz.


Escovar os cabelos à noite pode deixá-los mais saudáveis?

O hábito de escovar os cabelos repetidamente a noite ativa a circulação no couro cabeludo. Mas é desaconselhado, pois pode fragilizar os fios e irritar o couro cabeludo.


Fazer escova estraga os cabelos?

O uso do secador é sim um processo agressivo, mas que pode ser contornado. Os cabelos são submetidos a uma alta temperatura, além de sofrerem ação mecânica, como tração e rotação. Por isso, necessitam de um cuidado especial como defrisante que contenha protetor térmico para minimizar os danos. Desde que respeitadas algumas condições como manter o secador de cabelos a uma distância de 5 cm dos cabelos e hidratá-lo semanalmete, escovar os cabelos não fará mal a saúde dos seus cabelos.


Fios brancos arrancados nascem em dobro?

Não. Assim como qualquer outro fio de cabelo arrancado, os brancos não se multiplicam.


Existe Cabeleireira de mão boa?

Acredita-se que alguns profissionais tenham "Mão Boa" o que faz com que seus cabelos cresçam mais rápido, fiquem mais bonitos e brilhantes. Na verdade acontece o seguinte. Quando você não gosta do corte, quando o corte não fica perfeito ao seu biotipo você não fica satisfeito e repara nos cabelos a todo momento, o tempo parece que passa mais devagar e por conseguência parece que o cabelo está demorando mais para crescer. Depois que você coloca na cabeça que determinado profissional não tem "Mão boa", não importa o corte que o mesmo faça que você sempre vai ter a sensação que o cabelo está crescendo mais devagar. Os cabelos crescem cerca de 1 cm ao mês, e uma boa form ade visualizar esse crescimento é usando coloração que contraste com a sua cor natural, quando a raiz começar a aparecer você vai notar o crescimento.



Tricologia



Você já ouviu falar de Tricologia???
Pois é, Tricologia não é o estudo do Tricô, é a ciência que estuda o cabelo.
Antes de mais nada devemos conhecer os termos usados para falar sobre cabelo.

A Anatomia da pele divide-se em Epiderme que é a camada mais externa da pele; Derme que é localizada entre a Epiderme e a Hipoderme e é a parte com mais relevância quando se fala em cabelos; e a Hipoderme que é a parte mais profunda da pele. Observe a figura abaixo:


A Derme é responsavél pela é responsável pela resistência e elasticidade da pele. É constituida por tecido conjuntivo (fibras colágenas e elásticas envoltas por substância fundamental), vasos sanguíneos e linfáticos, nervos e terminações nervosas. Os folículos pilossebáceos e glândulas sudoríparas, originadas na epiderme, também localizam-se na derme. Quando o assunto é cabelo a derme é a parte mais importante da pele.
Os pêlos existem por quase toda a superfície cutânea, exceto nas palmas das mãos e plantas dos pés. Podem ser minúsculos e finos (lanugos) ou grossos e fortes (terminais).

O Cabelo é formado por Cutícula (Escamas), Córtex (Cortiça) e Medula (Canal Medular)


A Cutícula é a superficie protetora do cabelo e tem função de proteger as fibras de queratina no córtex. É dividida em Epicutícula, Exocuticula e Endocutícula. Quando as cuticulas não estão bem seladas a coloração desbota mais rápido, o cabelo fica com tração na hora da escovação e dificilmente brilha.

O Córtex é formado por células queratinizadas, dentro do córtex encont
ra-se Melanina e as Cadeias de Queratina. A Célula Cortical é formada por Protofibrilas, Macrofibrilas e Microfibrilas. O Córtex é a parte mais importante do cabelo. Na queratina ocorre as ligações cistínicas que são responsáveis pela solidez do cabelo, Essas ligações são sensíveis a agentes químicos e em particular os Redutores (Guanidina, Tioglicolato, Hidróxido de Lítio, Hidróxido de Sódio e Hidróxido de de Amônio) e Oxidantes (Colorações e Descolorantes).

A Medula é a parte central do Cabelo e é constituída por inúmeras células mortas. Em algumas pessoas ela nem existe e supõe-se que ela não teha uma importância real. Também chamada de cemitério de células.


A formação do Cabelo acontece na Papila Dérmica que é composta de fibroblastos especializados que ficam na base do folículo, supondo-se que controla o número de células da matriz e assim o tamanho do pêlo.

O corpo humano ao nascer é revestido por cerca de 5 milhões de folículos pilosos, não sendo formados novos folículos após o nascimento.


O Ciclo de vida do cabelo é dividido em 3 fases:
Anágena ou Anagenética que é a fase de crescimento e dura de 2 a 5 anos
Catágena ou Catagenética que é a fase de interrupção do crescimento e dura cerca de 3 Semanas.
Telógena ou Telogenética que é a fase de queda e dura de 3 a 4 meses.

No couro cabeludo existem cerca de 100 a 150 mil fios e seguem o ciclo de renovação citado acima, onde caem por dia aproximadamente 60 a 100 fios por dia para mais tarde darem origem a novos fios.

As Glândulas Sudoríparas e Glândulas Sebáceas encontradas na Derme são de grande importância.

As Glândulas Sudoríparas produzem suor que tem a função de regular a temperatura corporal. Existem 2 típos de Glândulas Sudoríparas, Écrinas que existem em todo o corpo e que produzem o suor e o eliminam diretamente na pele; As Apócrinas são encontradas principalmente nas axilas, regiões genitáis e ao redor dos mamilos e são as responsáveis pelo odor característico do suor quando sua secreção sofre decomposição por bactérias..

As Glândulas Sebáceas produzem a oleosidade da pele, são encontradas em maior número na face, couro cabeludo e porção superior do tronco, essas glândulas eliminam sua secreção no foliculo piloso. Não existem glândulas sebáceas nas palmas das mãos e plantas dos pés.

Na puberdade há um aumento na secreção de sebo pelas glândulas sebáceas estimuladas pelos androgênios o que explica a elevada incidência de acne na adolescência.
Os androgênios estimulam o desenvolvimento das glândulas sebáceas e a secreção de sebo, enquanto os estrogênios suprimem a secreção de sebo.

Alopécia

É a redução parcial (passageira) ou total (definitiva) de pêlos ou cabelos em uma determinada área de pele. Ela apresenta várias causas, podendo ter uma evolução progressiva, resolução espontânea ou controlada com tratamento médico. Quando afeta todos os pêlos do corpo, é chamada de alopécia universal. Suas causas são:

Congênita: ligada a fatores hereditários, com ausência total ou parcial desde o nascimentoTraumática: que tem origem em contusões ou lesões do couro cabeludo
Neurótica: também chamada de tricotilomania, onde o indivíduo "arranca" mechas de cabelos conscientemente ou não.
Secundária: que aparece após algum distúrbio interno dos órgãos, doenças, infecções, medicamentos como a químioterapia.
Seborréica: a dermatite seborrêica do couro cabeludo é um distúrbio muito comum, onde pode ser observado escamação, coceira e eritema. Contudo, é uma doença que raramente determina uma redução significativa dos cabelos.
Eflúvio: também chamada de deflúvio, é a causa mais comum de perda de cabelos entre as mulheres. Consiste na quebra harmoniosa do ciclo de vida capilar, tendo várias causas. Normalmente, responde bem aos tratamentos médicos.

Androgenético: é a causa mais frequente de alopecia entre homens, mas também afeta mulheres. Começa a se manifestar entre a puberdade e vida adulta, tendo vários graus. Como o próprio nome diz, é uma associação de fatores genéticos com o hormônio sexual masculino, a testosterona.
Emocional: relacionada especialmente a fatores emocionais, a alopecia areata é caracterizada pela perda rápida, parcial ou total de pêlos em uma ou mais áreas do couro cabeludo ou ainda em áreas como barba, sobrancelhas, púbis, etc. O renascimento dos pêlos pode ocorrer espontaneamente em alguns meses. Em alguns casos a doença progride, podendo atingir todo o couro cabeludo (alopecia total) ou todo o corpo (alopecia universal).


Pitiríase (Caspa)

Alteração na epderme resultando em uma produção excessiva de células mortas. Divide-se em Pitiíase Simples (caspa seca) e Pitiríase Esteatóide (caspa oleosa). Antigamente acreditava-se que Caspa era um problema de pessoas que tinham pouca higiêne e ainda existem pessoas e livros que retratam a caspa como uma doença de pessoas de má assepcia. Na verdade a Caspa é provocada pelo fungo Pityrosporum Ovale que vive naturalmente no nosso couro cabeludo e é responsável
pela renovação celular.




Informações Adicionais:
luizmeira.com/derme
wikipédia

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails