sexta-feira, 29 de abril de 2011

Ativos do Mal + Bibliografia

Esse é um tema longo, se não ler todo o conteúdo não se sinta no direito de comentar criticando.

Antes de começar mais essa matéria polêmica, vamos lembrar que TUDO que é industrializado e consumimos de forma oral ou tópica possui ativos químicos, isso é um fato.
A grande questão que muitas pessoas não param para pensar e que faz TODA a diferença é a proporção. Para exemplificar esse inicio de conversa observe abaixo.

Formol, Glutaral e Parabenos devem ser proibidos? NÃO!!! A grande questão é a proporção. Para efeito de conservação bastam pequenas doses, para alisar utiliza-se altas doses tornando seu uso tóxico!

Essa alta dosagem aumenta a incidência de pneumonia química, ou pneumonite química que acontece quando material tóxico é aspirado para os pulmões e ocorre uma irritação. O efeito observado mais rápido é falta de ar súbita e aceleração cardíaca, podendo apresentar também febre, expectoração e má oxigenação do sangue, o que a médio prazo pode levar a óbito.

Ácido Glioxílico e Carbocisteína
Antes de falar dos ativos corriqueiros vamos falar dos mais polêmico da atualidade. Carbocisteína não alisa cabelo, não temos mais nada a falar sobre esse ativo, assunto encerrado aqui no blog.

Agora o eniguimático Ácido Glioxílico que vem sendo "endeusado" pela industria cosmética capilar. Quando falamos sobre ele aqui, muita gente veio em defesa e não entendeu que o texto em cinza é uma transcrição de uma matéria publicada em uma revista, e a mesma revista publicou uma errata na edição seguinte dizendo que o pH é realmente baixo e não alto como havia sido divulgado.

Dito isto eu te questiono como um pH tão baixo consegue penetrar profundamente num fio a ponto de "mudar temporariamente" sua composição química? Vamos além, muitas pessoas que se submeterem a esse ativo já observaram danos após terminado o período "milagreiro"e como consequência estão enfrentando um forte odor de enxofre a cada lavagem/secagem dos fios.

Um pH baixo não consegue penterar no córtex e agentes hidratantes não mudam estrutura interna do fio, nem temporariamente. Químicas como Tioglicolato, Sódio e Guanidina não exalam odor de enxofre nos dias/meses subsequentes ao seu uso. A única química conhecida que exala cheiro na lavagem e secagem mesmo após muitos dias de seu uso é o Henê.

O tioglicolato possui cheiro de enxofre quando a embalagem é aberta, mas em contato com o ar esse cheiro evapora aos poucos, e assim que neutralisado ele some completamente. O processo com ácido glioxílico de uma empresa é diferente do de outra. Uma permite manipular em fios loiros e com outras bases químicas, outros restringem seu uso. Mas o que é comum a TODAS as marcas é que não se neutralisa, daqui a pouco vão começar a mentir chamando o creme de hidratação, que agora virou moda adicionar nos kits de "pogressiva", de neutralisante.

O que verdadeiramente estão colocando nesses ativos? Quais os seus benefícios e riscos a curto, médio e longo prazos?
... Essas perguntas eu deixo para os "entendidos" no assunto...

Cosméticos Naturais
Agora entrando na vibe "Produtos Naturais", Nature, Naturé, Natureba e afins. É a mais bela jogada de marketing existente na atualidade.

Quem aqui já fez aquelas papas de fruta, legume, verdura, mel, ovo, farelos e o caramba levante a mão e grite: EU.
- EEEEEEU!

Então você sabe que tem que fazer e usar logo, não dá para guardar, certo? A papa oxida, as enzimas entram em decomposição, resumindo fica uma desgraça fedorenta. Agora imagina uma linha de cosmético natural, sem conservantes. Imagina também, ou melhor, lembre qual a textura que você obtém quando aplica aquelas papas naturais nos cabelos... Ele fica soltinho e maleável? Dá pra enluvar? Os fios deslizam?

Tem um textinho que encontrei no site Cabelos Lindos que também é loja virtual, e queria compartilhar com vocês:
Produtos Naturais: Segundo o FDA dos Estados Unidos, quando o extrato de uma planta é adicionado a um cosmético, preservado, estabilizado e misturado com outros ingredientes, perde quase totalmente a sua característica natural. Se um produto totalmente natural existisse, você não ia querer usá-lo, porque ele estragaria de um dia para o outro. Produtos cosméticos possuem ingredientes conservantes, que não soam bem para os nossos ouvidos. Mas segundo químicos, esses conservantes ajudam a evitar riscos de contaminação por bactérias que poderiam causar danos a nossa pele e mucosas. Até mesmo vegetarianos não conseguiriam lavar os cabelos com gosmas que a industria natural criaria. É mais fácil e chamativo divulgar o óleo de abacaxi do que o conservante methyl parabeno que é um conservante sintético usado na cosmetologia para previnir contaminação por bactérias nos produtos.

Concordo em gênero, número e grau. E não só como cabeleireira, uma profissão super discriminada, mas como artesã que trabalhou manipulando cosméticos artesanais, a diferença da minha cozinha para uma grande fábrica era a quantidade manipulada, pois tive acesso aos mesmos produtos, principios ativos e bases químicas que compõem o seu e o meu xampu.

Sulfato
Ao contrário do que vem se propagando atualmente, os sulfatos não mordem, não vão roubar sua alma e nem causar câncer, e isso não é a Carla que está falando, mas a ANVISA com base em testes.

Os sulfatos possuem várias funções na cosmética e são amplamente empregados como em shampoos, cremes emolientes, depilatórios, etc... Algumas pessoas podem apresentar sensibilidade a seu uso. E justamente por isso ele vem sendo substituido por sarcosinato e sulfoccinato. Mas isso não significa que o seu bom e velho produtinho de guerra não presta mais, você não vai ficar careca por não usar um produto Sulfate Free.

Eu como consumidora já fiz uso de vários produtos sulfate free e não notei nenhuma diferença significativa que me justificasse trocar meus produtos preferidos.

Parabeno
Taí um bom vilão, dá até novela...
Os parabenos são conservantes e inibidores de proliferação de micro-organismos
Seu uso é muito difundido por conta do baixo custo, alguns parabenos são encontrados naturalmente em fonte vegetal, como é o caso do metilparabeno que é encontrato naturalmente em amoras, onde exerce função antimicrobiana.

Novamente entra o problema da quantidade e proporção, tendo em vista que o parabeno é considerado tóxico aos humanos. Mas embora haja indícios que seu uso esteja associado ao câncer, tendo sido observado a substância em tumores de câncer de mama, a ligação ainda não está comprovada.
Seu uso foi considerado seguro há apenas 27 anos, há 6 anos houve novos testes para confirmar que não oferecia riscos na concentração determinada como conservante após sofrer rumores.

A proporção no shampoo, condicionador, leave-in, etc não é suficiente para causar pânico, a menos que você possua alergia. Vale lembrar que o produto que não possui Parabeno possui outras químicas para fazer a conservação.


Óleo mineral
Outro monstro da cosmética, o óleo mineral, é obtido de derivados do petróleo e assim que refinado se torna inócuo, inerente e antialégico. Justamente por ser incolor, inodoro e atóxico é amplamente utilizado na industria em geral, se destacando na parte cosmética, farmaceutica e alimentícia.

Na cosmética o óleo mineral possui propriedade lubrificante, e é principalmente bem recebido em cabelos crespos. Por que usar óleo mineral na composição química de um produto? Preço!
Como citamos acima além de ser mais barato outra vantagem é ser totalmente antialérgico.

Sua "
vilania" se deve ao fato de não adicionar propriedades nutritivas, ser somente um lubrificante e com efeito cumulativo.

Minha opinião de
profissional: cabelos do liso ao ondulado devem sim passar longe do óleo mineral, mas se seu produto preferido for formulado com óleo mineral não precisa surtar, se ele não pesa nos seus fios fique fria. Cabelos do frisado ao crespo recebem os efeitos lubrificantes do óleo mineral de braços e pernas abertas.

Como consumidora, quando uso
leave-ins mais oleosos meus cachos tendem a tomam mais forma, o segredo é depois do uso lavar bem o couro cabeludo e fios. Separar um dia na semana para deixar o bichinho respirar, aquele dia que você pode lavar, hidratar e não aplicar leave-in, deixar ao natural. Escolha um dia em que vá ficar em casa de bobeira para não assustar ninguém pela rua, eu faço assim =P

Silicone
É vilão por motivos parecidos com os do óleo mineral...
Só que ao contrário do óleo, ele é um polímero fabricado a partir do sílica e do cloreto de metila.
É um produto que possui ampla utilidade na industria em geral. Trata-se de um lubrificante resistênte a água e a altas temperaturas. Por isso está presente na formulação de protetores térmicos.

Lembra que eu critiquei o uso de reparadores de
ponta? Ainda não curto muito o uso desses fluídos para finalizar a estilização, principalmente em cabelos do liso ao anelado. E o outro motivo é que muitas empresas misturam óleo mineral à formulação, tornando o produto impróprio para ser utilizado com fonte de calor. Os fluidos em base siliconada para escovar devem vir discriminando na embalagem sua função termoprotetora.

Você lembra da matéria com sal ou sem sal? Continuo mantendo a mesma opinião, antes o sal, o sulfato, o parabeno, o silicone e tantos outros ativos não faziam mal. Agora Tudo faz mal.

Faz-se um terror psicológico em torno de ativos que já estão presentes no nosso dia a dia a anos e até então não matava, agora mata. Como já falamos, o que difere uma concentração saudável de uma concentração assassina é a proporção e isso não cabe a nós fiscalizar e punir, mas sim aos órgãos do governo designados para tal função.

Você pode ficar feliz por não encontrar um ativo "vilanizado" na composição do seu produto e ele conter outro ainda pior sob um nome que você não reconhece.
Conter na formulação o nome desses ativos também não quer dizer que tenha muita ou pouca concentração, já que a quantidade não vem especificada. Sendo impossível a nós fiscalizar.


Sobre Bibliografia
Nossas pesquisas são completamente loucas, feitas em locais dos mais inimaginável. Junta-se textos aleatórios, dados de wikipédia, sites e blogs farmaceuticos, químicos e industriais. Associados a Livros, revistas, testes próprios, conversas informais com farmaceuticos, químicos, cabeleireiros, técnicos e etc.
Nossas conclusões são principalmente baseadas em experiências próprias, analisadas sob o nosso ponto de vista, meu e da equipe.
E se em um determinado momento as conclusões mudarem (raríssimo), é publicada uma nova matéria retratando a anterior.

É muito comum técnicos de empresas e centros técnicos de empresas se sentirem ofendidos pelo blog, já que muitos acreditam piamente no que as empresas lhes fornecem de informação.

Duvidou das informações aqui apresentadas? Não acredita? Não concorda? Joga no Google, manda e-mail para os fabricantes, faculdade de química/cosmética/farmácia, etc... Questione!


Se não gosta mesmo do conteúdo, acha abusivo, fraudulento, etc... Crie seu blog com as informações corretas e clique agora em ALT + F4. Obrigada.



Beijocas...



quarta-feira, 27 de abril de 2011

Feriado + Comentários + Simpatia

Olá Galerinha!
Espero que tenham aproveitado o período de feriadão para descansar e curtir...
Por aqui não fizemos muita coisa, marido e filha em casa em tempo integral é complicado... rss...
Não tivemos matéria por esses dias, fiquei bem enrolada. Aniversário da minha mamy e inventei de fazer "O" bolo =)
Testei receitinhas novas mas o bichinho não ficou lindo, estava super sem jeito e sem tempo para ficar alisando o glacê mármore, mas ficou muuuuito bom, gostinho de bolo de casamento.

Filhota também está em período de provas e eu de professorinha =/

Sobre comentários, quero muito agradecer todo o carinho recebido por aqui, graças a Deus as demonstrações de carinho são beeeem maiores do que as críticas negativas. Infelizmente fico devendo muito nas respostas. Então, se você tem uma questão importante envie por e-mail, lá eu demoro mas sempre respondo. Responder por aqui fica um pouco complicado. Assuntos que são muito solicitados ganham matéria, como é o caso da próxima mátéria, sobre aquele monte de ativos que todo mundo fala mal (silicone, óleo mineral, parabenos).

Algumas pessoas, graças a Deus bem poucas, andaram reclamando que não sou simpática, que não respondo comentários, não retribuo visita e não sigo quem me segue. É o seguinte, eu não sigo nem o meu próprio blog.

Visito sempre os blogs amigos na barrinha lateral e já disse várias vezes que quem adiciona o Eu♥Cabelo no blogroll tem lugar reservado nos blogs amigos, só preciso que me avise. Muita gente comenta que está seguindo, pede que eu também siga, mas não coloca o link do Eu♥Cabelo no blogroll. Sinto muito, o que posso retribuir é o link.

Sempre tenho um monte de sites e blogs abertos em janelinhas, as vezes leio um texto, acho legal e penso em comentar, mas acabo indo pra outra janela e perco o fio da meada. Eu sou fleumática no sentido literal da palavra. Parecer desinteressada é só um dos defeitos que possuo, mas isso não define a minha simpatia. Pelo contrário, tento ser bem dura e concisa por aqui e quando uma leitora me conhece mais de perto, fala que eu sou muito simpática. Puxa... lá se foi o meu disfarce de menina invocada! rss...

Se ser extremamente política, alisar o ego de todo mundo, ir com a maré, agradar agências de publicidade e babar o ovo de gente egocêntrica é ser simpática, tenho orgulho de não parecer simpática, meu comprometimento é com a verdade na informação e com quem se preocupa em recebê-la sem maquiagem.


Daqui a pouco matéria novinha =P

Beijocas....



sábado, 23 de abril de 2011

PRO: Cauterização a frio Truss (amostra)

Entre um teste e outro dei uma folguinha para meus cabelos e decidi usar a amostrinha da Truss que veio na revista Cabelo & Cia de Abril. Sempre esqueço de usar sachés...

A amostrinha é do tratamento Fast Repair de cauterização a frio. Faz parte da estação de trabalho da Truss, Work Station que oferece várias opções de tratamento de acordo com a necessidade.

Como já havia falado, o saché do shampoo vazou todo e não deu para testar. Então usei o antiresíduos da Avlon. O Proteic é um complexo de aminoácidos e nutrientes que repõe a massa proteica aumentando a elasticidade e resistência. O Intensive Nutrition é um complexo multifuncional, repõe o brilho, promove maciez, fixa a cor, evita formação de pontas duplas, recupera danos químicos e mecânicos.

Em uma aplicação só não dá para dizer os benefícios de reconstrução do Proteic, mas o produto penetra bem no fio e você sente uma leve encorpada assim que aplicado. Ele também não embola os fios, pelo contrário, ele confere uma leve emoliência. Assim que aplicado o Intensive Nutrition os fios se rendem e desembaraçam instantâneamente. Assim que enxaguei notei a diferença na textura, aspecto de cabelinho tratadinho, mas os benefícios foram sentidos mesmo quando escovei. Usei o Leaf da Ervas Naturais para pranchar e meus cabelos ficaram incrivelmente macios, sedosos e encorpados.

Quem quiser testar também, compre a revista Cabelo & Cia de Abril (Deborah Secco na capa). Só compre se a revista estiver lacrada, na revista aberta alguém já pode ter catado os sachés...


Beijocas...



sexta-feira, 22 de abril de 2011

PRO: Relaxima Care Matrix

Tive o prazer de trabalhar com a linha Relaxima Care formulada para cabelos cacheados, crespos e submetidos a transformação química. Não vamos enrolar muito, vamos direto ao assunto.

A linha de tratamento Relaxima Care é uma nutrição elaborada especialmente para dar suporte às químicas de transformação de mesmo nome, a base de Hidróxido de Sódio e Guanidina.

O que diz a marca:
► Matrix Relaxima.Care Shampoo Restaurador faz parte do Sistema de Hidratação e Proteção Relaxima.Care para manter e cuidar da beleza dos cabelos relaxados ou alisados. Pode ser usado diariamente, proporcionando maciez, brilho e disciplina.
► Matrix Relaxima.Care Máscara de Hidratação Profunda promove a hidratação dos cabelos para um condicionamento profundo e restaurador. Enriquecido com Extrato de Aloe Vera, manteiga de Karité e derivados da seda.
► Matrix Relaxima.Care Total Force - Ampola de Tratamento. A injeção de Ceramidas durante o processo de relaxamento e antes da neutralização do sio garante a entrada desse ativo quando a cutícula ainda está aberta e receptiva. A entrada de ceramidas é ideal para potencialização de seu efeito e o preenchimento das porosidades do fio, restaurando-o de dentro para fora, além de fortalecer e melhorar sua flexibilidade. Matrix Relaxima.Care Total Force - Ampola de Tratamento é a única formulada com Óleo de Semente de manga e enriquecida com extra Ceramidas que é capaz de penetrar e preencher as porosidades do fio, restaurando a força, brilho e condicionamento natural dos cabelos relaxados/alisados.
► Matrix Relaxima.Care Creme Protetor sem Enxágue - Leave in Termo Protetor é um creme sem enxágue que oferece proteção térmica durante o uso da escova ou chapinha. Matrix Relaxima.Care Creme Protetor sem Enxágue - Leave in Termo Protetor é enriquecido com extrato de Aloe Vera e manteiga de Karité, facilita o desembaraço e deixa os cabelos sedosos e disciplinados.
► Serum Thermic Force faz parte do Sistema de Hidratação e Proteção Relaxima.Care para manter e cuidar da beleza dos cabelos relaxados ou alisados. É um tratamento de força termo ativo, enriquecido com Óleo de Semente de manga, Aloe Vera e Ceramidas que proporcionam reparação, brilho intenso, controle de volume e açõa anti-frizz, sem deixar o cabelo pesado. Sela as pontas duplas enquanto protege do calor e umidade.

O que eu achei:
A linha possui aroma agradável e fornece nutrição moderada aos fios a que se destina, pois contém óleo de manga, podendo pesar em cabelos mais fininhos e do liso ao ondulado.
O shampoo (nº1 ou 2) é cremoso e hidratante, a máscara (nº3) é mais perfumada e derrete os fios mais tratadinhos, em fios mais danificados apresenta melhora após a terceira aplicação.
A ampola eu amei utilizar no processo de relaxamento/alisamento, entre alisamento e neutralização. Os fios terminam o processo super nutridos. O defrisante (nº4) é termoativado e facilita muito o escovar de cabelos cacheados e crespos, porém em pequena quantidade pode ser utilizado em cabelos ondulados, frisados e anelados. O sérum é termoativado e também pode usar para escovar/pranchar além da tradicional forma de reparador de pontas.

É uma linha excelente, especialmente formulada para cabelos modificados quimicamente e/ou cacheado e crespos. Vale a pena.


Beijocas...



quinta-feira, 21 de abril de 2011

Sebastian Suedeluxe Reconstrutor

Estava selecionando algumas resenhas antigas largadas pela metade e decidi publicar as que já estavam prontinhas, vamos fechar essa semana na companhia de bons produtinhos =)

A proposta do Suedelux no rótulo é bem convencida, tipo "O cara". Como é Sebastian pode bancar a marra... rss...
Ele foi o meu produtinho do Strawberry que foi tributado junto com o condicionador da Senscience, encontrei a venda no mercado livre, quem tiver curiosidade sobre ele não precisa comprar lá fora, o preço está parecido.

Bom, já tenho o reconstrutor da minha vida, agora vamos explorar opções para você encontrar o seu reconstrutor. Fique de olho na TAG Reconstrução pois em breve testaremos mais reconstrutores.

O que diz a marca:
Sebastian Suedeluxe Reconstructor é um reconstrutor feito com proteínas orgânicas para ajudar a reconstruir a estrutura dos seus cabelos. Sebastian Suedeluxe Reconstructor repara o cabelo poroso, estressado ​​e difícil de pentear. Fornecendo umidade para as áreas mais críticas. Adiciona brilho, elasticidade e maleabilidade para o seu cabelo.

O que eu achei:
O cheiro não é maravilhoso mas a textura é agradável, fica entre reconstrutor e nutrição. Quando aplicado ele confere um pouquinho de emoliência, mas nada fenomenal. Sua instrução de uso é como a de um condicionador, mas preferi usar como reconstrutor finalizando com uma máscara de nutrição, hidratação ou o condicionador Hydre também da Sebastian.

O saldo foi bom em todos os tipos de cabelos, vale a indicação como um reconstrutor suave para ter em casa, pode usar semanalmente até o fio se restabelecer sem o risco do fio saturar. Recomendo, mas lembre-se de fazer o teste de resistência antes de usar um reconstrutor, se possível consulte um profissional.


Beijocas...




quarta-feira, 20 de abril de 2011

Seda Professional

Hoje vamos falar sobre a nova linha profissional da Seda. Recebemos a linha Realinhamento de Cutículas e Regeneração Capilar Completa.
A proposta é um produto com resultado profissional, embalagem econômica e custo acessível.
A consistência dos produtos lembram iogurte natural, o roxinho possui aroma mais doce que o verdinho, mas ambos ficam suaves após enxaguar.
A embalagem de 1kg é realmente enorme, fizemos os testes por mais de 15 dias e não chegamos a metade da embalagem.
A linha é sem sal, usa PEG-150 como espessante. Possui pH 3.3 ou seja pH ácido para auxiliar o fechamente de cutículas. Vamos as considerações.

O que diz a marca:
► Realinhamento de Cutículas:
Seda Realinhamento de Cutícula penetra profundamente na fibra capilar e deixa os fios que passaram por tratamento de escova progressiva ultradisciplinados*. Sua fórmula realinha as cutículas, deixando os fios mais fortes** e macios com lisos disciplinados até as pontas.
* Comparado a shampoos sem agentes condicionantes. ** Maior resistência à quebra quando comparado a shampoos sem agentes condicionantes.

► Regeneração Capilar Completa:
Seda Regeneração Capilar Completa é indicado para cabelos quimicamente danificados e deixa os fios ultrarreconstruídos. Sua fórmula revolucionária combina 20 Ingredientes Ativos e proporciona a reconstrução profunda dos fios danificados devido ao uso frequente de tratamento químico.
* Atua na estrutura interna e externa dos fios. Não recomendado para calvície.

O que eu achei:
► Realinhamento de Cutículas:
É indicado para quem possui Escova Progressiva, testamos em cabelos com Escova Definitiva, ou seja, alisamento com Tioglicolato de amônio. Testamos em cabelos que usam produtos importados e/ou nacionais regularmente e em cabelos que não recebem muito carinho por parte de seus donos.
Em todos os testes os fios ficaram extremamente macios e hidratados. A sedosidade observada foi acima do esperado, mesmo nos fios mais agredidos.
O único ponto negativo foi a opacidade em alguns casos, vou explicar. Fios cacheados e crespos naturalmente ressecados que foram alisados não obtiveram brilho com esse produto. Já em fios anelados e ondulados naturalente um pouco menos ressecado, submetidos a alisamento apresentaram um pouco mais de brilho após o uso.
Nada que não possa ser contornado com um leave-in ou fluido reparador. Contém queratina, elastina e ceramidas.

► Regeneração Capilar Completa:
Testamos em todos os tipos de cabelo e o resultado também foi positivo.
Produto que promete regeneração/reconstrução tem que pesar mesmo que só um pouquinho. E esse confere exatamente textura pós reconstrução. Confeço que achei emoliente demais quando apliquei, reconstrutores são menos emolientes, mas a proposta desse é reconstrução + nutrição.
Contém pantenol, manteiga de cacau e extratos de guaraná, palmito, açaí, girassol, abacate e morango, além de queratina e colágeno.
O saldo foi positivo em todos os tipos de cabelos, os fios apresentaram mais elasticidade e resistência após o período de testes.


A linha foi aprovada, mas não te exime de tratamentos profissionais, procure sempre um profissional de confiança para diagnosticar a saúde dos seus fios.



Beijocas...




terça-feira, 19 de abril de 2011

Seda Pro Color Rita Hazan

Vamos lá galerinha, o papo hoje (e amanhã) é Seda. Muita gente duvidou que eu testaria, muita gente duvidou dos resultados, mas estar aqui já quer dizer alguma coisa...

O que diz a marca:
- O shampoo sem sal* Seda Pro Color limpa cuidadosamente o cabelo, ajudando a evitar o desbotamento da cor**, pois conta com a exclusiva tecnologia Color Protect™: uma fórmula com antioxidante, que protege a coloração, e Bio Queratina, que nutre e repara os fios, deixando os cabelos saudáveis e radiantes.
- O condicionador Seda Pro Color é parte essencial do tratamento para manutenção da cor. Sua fórmula possui a tecnologia Color Protect™, a exclusiva combinação de um antioxidante com Bio Queratina, que nutre e repara* a fibra capilar, permitindo que seus cabelos alcancem uma cor mais vibrante e uniforme.
- O creme de tratamento Pro Color, com a exclusiva tecnologia Color Protect™ e o efeito da Queratinização a Frio*, é enriquecido com nutrientes e óleos naturais para proporcionar a reparação e a vitalidade necessárias para um cabelo saudável e com uma cor vibrante.
- O creme para pentear Seda Pro Color com Bio Queratina e antioxidante prolonga a cor* e diminui a formação de pontas duplas, mantendo o cabelo sedoso e com frizz controlado. Ele também conta com a tecnologia Memorizers™, que memoriza a forma dada aos seus cabelos e renova o penteado apenas com o passar das mãos.

O que eu achei:
O teste durou mais de duas semanas e duas cobaias foram utilizadas, minha filhota (ondulado) e eu (anelado). Ambas coloriram os fios para fechar o ton antes de começar o teste. Eu usei somente Seda nesse período, ela alternou entre a linha Pro Color e o potão Seda Realinhamento de Cutículas indicado para fios com "escova", já que ela tem tioglicolato nas pontas.

A linha é bem perfumada e embora não revele o pH nota-se que é baixo. O shampoo não embola os fios e também não deixa palha após enxaguar. O condicionador parece máscara, os fios se soltam instantâneamente. A máscara é mais composta que o condicionador, solta os fios na aplicação e confere uma leve encorpada. Pelo leave-in não me apaixonei, ele não teve força para modelar meus cachos e como não é térmico não escovei, aliás nesse período não escovei para não confundir os resultados do produto com os resultados do protetor témico. O cabelo ficou macio, mas sem forma. Então comprei o Seda para cachos, o que deu uma modelada moderada. Alternei entre os dois leave-in durante os testes.

Nesse período nossa rotina correu normalmente, lavamos quase todo dia, nos expomos ao sol do dia a dia, ficamos no ar condicionado, etc...
O saldo final é que a cor desbotou bem menos do que comparado a um pós coloração sem cuidados específicos. Os fios ficaram macios e a cor preservada. O ponto fraco pra mim foi o leave-in que embora deixe macio não modela cachos e quando usado em demasia dá a sensação tátil áspera, lembrando cabelo sujo, principalmente nos fios mais fininhos.

No final do teste, lá pelos últimos dias, usei a linha e escovei com um protetor térmico e o resultado foi muito bom.

A linha foi aprovada, mas não te exime de tratamentos profissionais, procure sempre um profissional de confiança para diagnosticar a saúde dos seus fios.

Beijocas...





segunda-feira, 18 de abril de 2011

Kérastase Masquintense 3 (Grossos)

Mais um produtinho Kérastase por aqui, aos poucos vamos falar de todas as linhas (ou quase... rss). Antes das considerações essa é a máscara Masquintense para cabelos grossos, ou seja, cabelos do frisado ao crespo. Cabelos do liso ao ondulado devem optar pela versão para cabelos finos.

Notaram que comecei a resenhar produtos da Kérastase pela nutrição? Muitas pessoas reclamaram sobre a dificuldade de encontrar máscaras de nutrição quando começamos a falar sobre nutrição aqui no blog, desde então a TAG ganhou muitas opções.

Como essa é a máscara mais amada e odiada na blogsfera decidi explicar melhor o que classifica esse fino e grosso nas embalagens da marca.

☺Kérastase para cabelos finos: Engloba cabelos lisos a ondulados, geralmente com pouca densidade, oleosidade sob controle ou excesiva. Cabelos que tendem a pesar, porém precisam de cuidados nutritivos.
☺Kérastase para cabelos grossos: Engloba cabelos do frisado ao crespo, geralmente volumosos, ressecados ou danificados.

O que diz a marca:
Máscara de Tratamento ultraconcentrado para cabelos ressecados, muito sensibilizados e grossos. Agora com nova fórmula, Nutritive Gluco-Active. A revolução tecnológica que abre um novo capítulo sobre nutrição dos cabelos secos. Sua textura creme branco perolado traz uma nova experiência na nutrição de seus cabelos. 3 ativos essenciais foram selecionados para uma nutrição capilar completa.


- Glicídios: Constituem uma verdadeira contribuição energética para uma nutrição da fibra capilar desde a raiz.
- Protídios: Compõem a matéria essencial dos cabelos, nutrem a fibra, deixando-a mais suave e macia.
- Lipídios: Depositam-se na superfície da fibra capilar para melhorar sua proteção natural em todo o seu comprimento.

Cabelos incrivelmente macios e sedosos ao toque, com uma saúde inigualável. Sem pesar nos cabelos, nutrição que dá vida e brilho aos fios.


O que eu achei:
Havia dito que o cheiro do Oléo Relax era agradável, já o do Masquintense não gostei nem um pouco, lembra os cremes antigos da minha avó.

Mas o que realmente importa não é o cheiro, depois de enxaguar ele fica fraquinho, o que realmente importa é a nutrição que ele proporciona e nisso amiga ele é show!

É um creme branco, perolado e levemente consistente. A embalagem não informa o pH. Novamente o grande charme dessa máscara é a concentração de Lipídios, Protídios e Glicídios. Na versão Dosage Gluco Active 3 ele possui um teor ainda mais alto desses nutrientes, 4100 PPM (parte por milhão) contra 2100 PPM na Dosage 2 e 1100 na Dosage 1. Deu pra entender como ele é bombado, por isso seu uso é restrito a cabelos que realmente precisem.

Testamos em todos os tipos de cabelos, até nos não recomendados, teste é teste.
Seu melhor desempenho é realmente em cabelos do frisado ao crespo e que estejam danificados, você nota a diferença já na primeira aplicação. Se o cabelo se enquadrar nesses tipos e estiver saudável você nota maior sedosidade, leveza e corpo.
Em cabelo liso testamos da altura da orelha pra baixo (parte mais danificada) para não pesar na raiz, se estiver ressecado por ação química ele será fantástico, mas com uso moderado e longo espaço entre uma aplicação e outra. Já em ondulados ele conseguiu deixar praticamente liso por conta do peso e corpo que confere.

Você vai me chamar de insana por dizer que não é para cabelos lisos e depois dizer que foi bom para liso danificado, certo? Mas estamos nos referindo a danificado mesmo (cabelinho sofrido). O seu segredo de uso é aplicar uma pequena dose, deixar agir o tempo indicado (nem mais, nem menos) e enxaguar bem, por conta da alta concentração ele é chatinho de enxaguar em cabelos mais finos.

Meu cabelo (anelado) amou. Essa será uma semana só de resenhas, aguardem.


Beijocas...


domingo, 17 de abril de 2011

Fazendo a megera...

Olá galerinha. Espero que todos estejam bem...
Meu tratamento está me transformando em alguém que não estou curtindo, uma pessoa irritadíssima, debilitada e depressiva. Se isso não passar em breve vou mandar o tratamento para o escambau e desistir de vez...

Aproveitando meu humor ácido, hoje vamos falar sobre muitas coisas, menos cabelo.

Temos recebido muitos e-mails com release de produtos e só temos um comentário, Legal.
Enquanto não publico a matéria/página com nossa estatística e regras de parceria e midia kit, vou desabafar um pouquinho sobre a cara de pau de muitas empresas.

Nos últimos meses deletamos inúmeros e-mails release com sugestão de matéria e vou explicar o porquê. Com o surgimento dos blogs profissionais ou focados (blogs de moda, cosméticos, utilidades e afins) percebeu-se uma ingenuidade muito grande principalmente por parte de quem escreve por hobby e muitas assessorias de imprensa aproveitaram para fazer publicidade gratuíta e se deram bem.

Mas no Eu♥Cabelo não baby... Só falamos sobre o que testamos e aprovamos. Quer ver seu release por aqui pague a publicação que será marcada como "publieditorial". Quer ver a resenha do produto, envie e aguarde. Se corresponder com certeza publicaremos se não, ambas as partes fingem que nunca se viram e seguem as suas vidas. Poderia ser pior, poderíamos sentar o pau. Mas não fazemos resenha pejorativa.

Isso por si só já nos fecha portas, é visivel que muitas empresas que não confiam na qualidade de seu produto sintam medo do nosso veredito. Por isso fiz questão de citar aqui a postura da Ana Paula da Seda que assumiu o risco, sem falar da Pamylla da Ervas Naturais que já virou amiga e o pessoal da Bioart que sequer deu pitaco sobre a resenha que fizemos do Shiva (falta publicar o passo a passo).

Em contrapartida empresas que sequer firmaram parceria se sentem no direito de estipular regras, prazos, solicitam os mesmos dados 200x, enviam um release por semana e não oferecem nada em troca! Sei não uai, mas isso não é parceria não. Parceria de via única e exploração.

Outra coisa que já solicitaram é falar mais sobre tendência. Particularmente falando não sou fã de falar sobre o tema por aqui. Muitos locais na internet já o fazem. A moda para cabelo é mais cíclica do que a moda de roupas e muito do que é lançado para cada estação não combina com a maioria das pessoas. Acho mais útil o profissional utilizar o visagismo para compor um visual do que a tendência da nova estação. Afinal todo mundo está careca de saber que no verão todo mundo dá uma clareadinha nos fios. Porém poucas pessoas conseguem adquirir o visual em que realmente se encontam. Recado dado.

Gente como é dificil ser notívaga e viver num planeta diurno. Perdi as contas de quantas brigas tive com maridex por conta da incompatibilidade de horários. Se pudesse abriria um salão noturno =) E não seria novidade tem muito cirurgião plástico e centro de estética que viram a madrugada colocando silicone e botox na mulherada... rss...

Assim que conseguir voltar por aqui publico a resenha de um produtinho polêmico que está mais do que aprovado.
Só para constar, meu netbook "menstruou" e está o "Ó" trabalhar nele. Mais um produtinho pra lista do Não comprem! A bateria do Net da Philco dura só 1 hora e a quantidade de probleminhas que apresenta não vale a carinha rosa-fofinha. Meu HD está com conflito, coisinha besta de resolver mas sem romper o lacre não dá, a assistência pediu 40 dias só para descobrir o que eu já sei... Aff...


Beijocas...



sexta-feira, 15 de abril de 2011

DINOVO!

Lembra que comprei 2 pranchas alisadoras Gama no Privalia e que enviaram um modelo diferente do anunciado?
A campanha GA.MA no Privalia voltou, e está para acabar em algumas horas. Vale lembrar que o modelo IONIX possui com termostato e sem termostato, o problema é que o modelo anunciado é com termostato. Se você é "Sócio" basta logar para conferir: http://br.privalia.com/microsites/shopwindow/campaign/1566/category/37540
Se você quer qualquer prancha pode comprar, mas se quer o modelo anunciado, desista. Ele saiu de linha e você não encontra mais em lojas físicas.

Eu fiquei fula da vida quando recebi o modelo errado, liguei, tentei conversar e por fim desisti, eles não trocam, eles pedem que você envie o produto de volta e reembolsam. Até recebi um e-mail deles se prontificando em devolver o dinheiro mediante devolução do objeto depois que abri o bocão aqui no blog, mas li relatos não tão positivos sobre essa transação e prefiri deixar o objeto por aqui mesmo, já que também teria que arcar com os custos de envio por BURRICE alheia.

Aqui eu contei toda a história. Estou por aqui agora para registrar a minha gigantesca insatisfação com a GA.MA, o Privalia já assinou o certificado de mal organizada e desonesta, já que o procon garante a troca no caso de envio de produto errado, mas o Privalia não troca, reembolsa. Agora é a GA.MA me decepcionando ao cubo.

Logo que recebi decidi usar e como na época ainda estava atendendo, fui até uma cliente portando apenas a prancha adquirida na promoção, testei em casa e como estava aquecendo levei. O meu susto foi quando fechei a prancha nos cabelos da cliente pela segunda vez, ela simplesmente desmontou na minha mão! Remontei e começamos a luta, saldo final: GA.MA 10 X Carla 0. Além da absurda dor nos dedos por ter que forçar segurando o objeto com força para não desmontar. A culpa? É do pino que deveria encaixar e está curto. Aí eu te falo, fazer o quê? Levar para uma assistência que vai segurar o objeto por 30 dias para analisar, constatar o erro de fabricação e levar sei lá mais quanto tempo para eu receber outra, se receber!

Realmente é decepcionante, sou fã de carteitrinha da GA.MA, mas essa me decepcionou. Já estou a procura de outra marca, que não participe de "promoção" esfazia estoque e entregue qualquer coisa para o consumidor, até porquê o consumidor pagou por um produto, recebeu outro e com defeito.




quinta-feira, 14 de abril de 2011

O que fazer quando precisar cortar?

É dificil para uma mulher transformar fios longos em curtos de bom coração, mas o que fazer quando cortar é preciso?

- CORTAAAAAAA!

Falamos ontem que para quem deseja retirar a parte com química e deixar os fios ao natural, é inevitavel utilizar a vitamina T, eu mesma já aderi aos fios curtinhos para consertar dano e para retirar química. Aquela antiga vibe, tratar para estragar novamente... rs...

O primeiro passo é ter pelo menos 75% de certeza do que deseja, depois de cortar não dá pra voltar atrás (bem... dá pra colocar Mega Hair, mas é caro e dolorido...). Tenha seu foco em mente na hora de escolher o corte. Lembre-se que o corte é terapeutico, uma medida de saúde.

Espere seu cabelo natural crescer até um ponto que dê para cortar e fique harmonioso com o seu biotipo. Sempre peça a opinião do profissional, se ele (a) não tiver nenhuma, caia fora. NEXT!

Por mais que o novo corte seja terapeutico, esse novo corte tem de ser funcional, que tenha algo a ver com a sua personalidade, seja ela introspectiva, alegre, descolada, forte, romântica, etc..

Ao contrário dos cabelos médios a longos que pedem um pouco menos de detalhes, os fios curtos pedem estilização para você não ficar com carinha de menininho. Use e abuse de gel, spray de volume, cera, pasta, fluidos, etc...

E para finalizar você pode garantir um visual mais descolado, rebelde ou romântico usando acessórios. No mercado existe uma infiniadde de elásticos, tiaras, faixas, lenços, presilhas, grampos, etc. Para todos os tipos de bolsos e gostos.


Beijocas...



quarta-feira, 13 de abril de 2011

Da química ao natural. Quanto tempo?

Existem muitas dúvidas sobre quanto tempo depois de utilizar química os cabelos estarão naturais novamente, pronto pra outra. Muita gente vai se decepcionar com o que vai ler a seguir, mas vamos lá.


Atendi muitas pessoas que quando decididas sobre o procedimento que queriam fazer, já chegavam armadas com as frases: "Não relaxo há um tempão, meu cabelo já está natural, a química saiu toda."; "Fiz progressiva há meses, já saiu e está natural.".

Para exemplificar encontrei a fotografia abaixo na internet (google), desculpe não lembro onde. Cabelos coloridos com tons contrastantes ao natural, revelam com maior facilidade a parte natural destacando a parte modificada.



Segundo a premissa que um fio de cabelo saudável cresce de 1 à 1 e 1/2 cm ao mês, você pode concluir o tempo que levará para você ter cabelos naturais/virgens novamente. Vamos aprender um pouquinho sobre os agentes que tiram a "virgindade" dos nossos fios para poder entender um pouquinho sobre sua ação e incompatibilidade.

Coloração
A coloração abre as cutículas, penetra no fio e remove uma parte dos pigmentos naturais presentes na Melanina (eumelanina e feomelanina) e depositam o pigmento sintético. A partir desse momento essa parte tingida do fio nunca mais será natural, por mais que você coloque uma cor parecida com a natural.

Descoloração
Mais agressiva e invasiva do que a coloração, a descoloração faz uma verdadeira limpeza no fio. Ela abre mais agressivamente as cutículas e literalente promove um arrastão no córtex removendo não somente o pigmento, mas prejudicando também a estrutura do fio. Você já notou que depois de descolorir, os cabelos cacheados ficam com dificuldade em formar os anéis?

Tonalizante
Promete colorir de forma subcuticular, porém possue em sua formulação a monoetanolamina que embora seja mais suave que a amônia, possui função de abrir cutículas para que o pigmento penetre.

Hennê, Hennas e afins
Encapam os fios formando uma barreira ao redor do fio. O uso por longo período de tempo o torna impenetrável e altamente reativo a outras químicas.

Escovas
Assim como as citadas acima promovem um encapar de fios progressivo. Mas diferente da Henna e Hennê que em contato com outras químicas como alisantes ou coloração esquentam, emborracham e se partem. A progressiva blinda o cabelo fazendo com que a química consiga penetrar em poucas ou quase nenhuma parte. No caso da coloração promove cabelos manchados e no caso de alisamento com química limpa não permite alisamento uniforme. Correndo também o risco de quebra.

Tioglicolato, Guanidina, Sódio
Todas essas químicas citadas fazem mudança estrutural no interior do fio. Uma vez modificada, só permite coloração e descoloração com moderação e em fios saudáveis. A maior reação negativa é o emborrachamento seguido de quebra quando não respeitada suas particularidades.

Vamos lá, independente de desmineralizar ou remineralizar, Nada torna um cabelo que sofreu química em cabelo virgem!

Se você descoloriu há 1 ano e seu cabelo está com crescimento de 1cm (1 dedo) ao mês, seu cabelo cresceu apenas 12 cm, esses 12 cm estão naturais, os demais centímetros não, o tempo e tratamentos que você faz não possuem força para alterar ou retroceder uma química no fio. Ou seja, uma vez processado quimicamente a parte alterada nunca mais será natural, fio virgem somente na parte que crescer a partir do dia em que processou.


► Se seu cabelo é crespo, você alisava e agora quer voltar aos cachos.

Invista em massagens no couro cabeludo, produtos nutritivos e com muitas vitaminas, extratos e óleos naturais na composição. Vá cortando a parte alisada aos poucos e mantenha a raiz sob controle escovando com bons protetores térmicos até crescer suficiente para que você possa cortar toda a parte alisada. Não faça procedimentos como permanente afro para tentar cachear a parte alisada, a química anterior pode não ser compatível e ocorrer a quebra.


► Se você usava Hennê e agora que mudar para Tioglicolato, Guanidina ou Sódio.

A indicação é parecida com a citada acima. A diferença é que depois de 4 a 6 meses você pode fazer um teste de mecha para saber como seu cabelo se comporta com a nova química escolhida, a química no dia do teste deve ser aplicada em toda extensão da mecha e não somente na parte virgem.


► Se você pintava o cabelo com cor escura e agora quer ficar loira.

Comece reconstruindo, prepare o fio para o teste de abertura de ton. Não recomendamos o "exorcismo" conhecido como decapagem, a agressão e danos não compensam. Mediante teste de mecha, faça mechas finas e continue a rotina de tratamento. Após um período faça mais mechas, até conseguir clarear um maior volume de fios.


Se tudo der certo, amanhã tem dicas sobre como proceder quando você precisa cortar bastante para esperar crescer.


PROFISSIONAL:
Confie desconfiando, muitos clientes com descoloração tingem os fios de tons escuros e falam que só usam coloração. Se você não fizer uma mecha de teste antes de proceder um alisamento ou relaxamento, pode acabar com um terrível resultado e um cliente pronto a te processar.
Por mais experiente que você seja, sempre faça o teste de mecha. Assim como no trânsito, o excesso de confiança é que cria margem para o acidente.



Beijocas...



PS: Qualquer surto de melhora dos sintomas (como agora) eu volto. Fui =)

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Pequenas considerações...

Hoje vamos dar apenas uma passadinha rápida para informar que os prêmios já foram enviados, saíram aqui de casa assim, papel branquinho e sem nenhum amassado (ando meio brava com a falta de cuidado correios)


Os números de rastreio são:

►BA - PB530638458BR

►SP - PB530638444BR

►PR - PB530638435BR


Não podia deixar de mostrar também para vocês a bolsa linda da Guess que ganhei no sorteio do blog Cabelo&Maquiagem. Tô apaixonada =)



Meu tratamento está bem complicado, entramos com a medicação para hipotireoidísmo e aumentamos a dose da metiformina para duas vezes ao dia, e mesmo sendo de efeito prolongado tenho sentido muito os contras, confeço que está complicado. Tenho passado muito mal. Estou com paciência zero e emotiva ao extremo. Está absolutamente tudo parado no e-mail e no blog. Please paciência.


Se você é novo (a) por aqui e está achando tudo meio paradinho, dê uma olhadinhas nas matérias mais antigas, tem muitas informações interessante lá pra trás.



Beijocas...


sexta-feira, 8 de abril de 2011

Qual Shampoo?

Ele foi formulado com uma única função, limpar. Porém com o passar do anos foi ganhando nova roupagen, fórmulas medicinais, específicas e até orgânicas.
Seu uso é vital para a saúde do couro cabeludo e essa detergência que faz bem ao couro cabeludo não repete o mesmo benefício nos fios, podendo provocar ressecamento exagerado por conta do excesso de sulfatos na formulação.

A industria busca novas formas de evitar esse ressecamento substituindo os sulfatos por sarcosinato e sulfoccinato. Outra medida para reduzir os danos causados foi a criação de shampoos com pH ácido, ou seja, no mesmo pH do fio de cabelo ou mais baixo.

Mas o mercado pede mais e as novas composições visam agora não apenas a higienização, mas a saúde e vitalidade dos fios.

Uma das benfeitorias foi a retirada do sal, que já falamos por aqui, está mais do que provado que a única função do sal no shampoo é conferir consistência ao produto e o uso de produtos que utilizam sal na formulação não apresentam diferença de performance comparados ao sem sal, mas a industria tem preferido fazer a troca do cloreto de sódio por espessantes mais caros como o PEG 150, PEG 120 e Hidroxietil Cellulose que prometem além de espessura e viscosidade, uma espuma mais sofisticada e maior estabilidade.

Uso diário
O shampoo de uso diário é indicado para todos os tipos de cabelos, possui pH neutro e age apenas como detergente.

Tratamento
Os shampoos de tratamento se dividem em pré-tratamento que promovem limpeza e abertura de cutículas para receber o tratamento, e os shampoos hidratantes que de tão emolientes dão a sensação que são condicionadores, transmitindo para muitas pessoas a sensação que os cabelos não estão limpos.

Anti-resíduos
Depois da Queratina, o anti-resíduos virou a nova "aspirina", tem profissional que indica pra tudo, e as opiniões se dividem quando o assunto é a periodicidade de uso.
Sua formulação é mais rica em detergentes como lauril éter sulfato de sódio, lauril sulfato de sódio, lauril sulfato de amônio, lauril eter sulfato de amônio, lauril eter sulfoccinato. Conta ainda com a presença de agente quelante ou edetato (EDTA) que estabiliza íons metálicos.

A proposta desse produto é promover uma limpeza profunda, por conta disso muitas empresas o produzem com pH igual ao seu detergente de cozinha e em alguns casos igual ao pH da coloração.
Nossa recomendação é que você procure produtos com pH próximo ao do cabelo, que não provoquem abertura desnecessaria de cutículas.
Outra questão muito corriqueira sobre o Anti-resíduos é que tipos de cabelos podem fazer uso.

► Cabelos oleosos não devem utilizar em demasia, pois o organismo detecta a retirada excessiva da oleosidade, entende que precisa produzir mais oleosidade e você obtém exatamente o efeito contrário.
► Cabelos mistos devem focar o uso somente no couro cabeludo e da mesma forma que o citado acima.
► Cabelos secos/ressecados devem utilizar especialmente antes de tratamentos e/ou a cada 15 dias em cabelos que fazem muito uso de finalizadores.
► Cabelos com progressiva, henê e henna devem evitar a todo custo pois o pH e o agente quelante removem a "capa" formada, fazendo o seu procedimento durar menos.
► Cabelos com química (Tioglicolato, Guanidina, Sódio) devem seguir a mesma regra citada para cabelos secos, ao contrário do efeito em cabelos com progressiva, no caso de químicas que mudam a extrutura interna do fio o anti-resíduos não oferece risco de os cabelos voltarem a forma natural.

Específicos
Os shampoos específicos são os formulados com alvos definidos como caspa, seborréia, queda, etc. Particularmente falando, esse tipo de recomendação tem de partir de um profissional dermatologista/tricologista, com base em avaliação seguida de diagnóstico. O cabeleireiro e a moça da loja de cosméticos não devem receitar aos clientes o uso desse tipo de produto.
Os específicos possuem em sua formulação adstringentes, tensoativos de higienização, agentes umectantes e ativos mentolados que proporcionam frescor, inibindo a ação das glândulas sebáceas.

Conclusão:
► Independente de ser transparente, perolado ou cremoso. A função do shampoo é retirar resíduos de produtos, oleosidade, suor e poeira dos fios. A textura não é sinônimo de sua ação, o shampoo ser cremoso e perolado não significa que é hidratante ou no caso do shampoo transparente, não quer dizer obrigatoriamente que ele seja de limpeza profunda.
► Mesmo shampoos com pH baixo pedem o uso do condicionador/máscara de hidratação/nutrição com pH mais ácido que o do shampoo para fechar as cutículas fazendo com que os fios reflitam um brilho espelhado e tenham sedosidade ao toque.
► Se após o shampoo você fizer uso de uma máscara de hidratação ou nutrição, não há necessidade de aplicar o condicionador após. Caso o uso seja de uma máscara reconstrutora o ideal é utilizar em seguia uma máscara de hidratação ou nutrição, novamente não é necessario utilizar o condicionador.

Dicas de higienização capilar aqui.



Beijocas...


quinta-feira, 7 de abril de 2011

Fio e Ton Vita A

A coloração da Fio e Ton foi a escolhida para aplicar antes de iniciar o uso dos produtos pós coloração da Seda.

Para surpresa de muitos de vocês, eu realmente gosto dessa coloração. Quando conheci esse produto, já estava ficando "nojentinha" e até então nunca havia usado produtos da Vita A. Foi quando em uma jornada técnica conheci uma cabeleireira bem inescrupulosa que me confidenciou que no mostruário do salão dela a coloração exposta era Alfaparf e que na salinha ela utilizava a Fio e Ton e que o resultado de ambas era idêntico, arrematando com a frase: "Amiga, quando você abrir seu salão faz o mesmo. O cliente nem percebe!"


CLARO que não segui os conselhos da picareta, mas a promessa de resultados parecidos me instigou e na próxima jornada sobre coloração e mechas oferecida pela Vita A, lá estava eu.


A cobertura e fixação são boas, mas coloração profissional tem diferença sim. Resumindo, é uma boa coloração, com um preço bem acessível. Não tenho o que reclamar. Só espero que com a fusão da Vita A com a Aroma do Campo a qualidade não caia.


A coloração hoje conta com duas opções, a caixinha simples contendo a coloração + oxidante, e a nova caixinha com coloração + oxidante em frasco aplicador + banho de brilho + tratamento pós coloração + luvas. A diferença entre um kit e o outro é de apenas R$ 2 reais.

Beijocas...


SEDA

Para quem nunca imaginou ver Seda aqui no Eu♥Cabelo.


Recebemos vários e-mails de representantes da marca e eu nunca respondia. Não por que seja bom ou ruim, mas porquê nosso foco aqui é falar de marcas mais profissionais e menos comerciais.


Isso até a Ana Paula Martins ser tão simpática que não tive como relutar. Fui um tanto seca no inicio, deixei claro que não fazemos resenhas pejorativas e que se não gostamos do resultado, simplesmente não falamos do produto no blog, vai pro lixo e ponto final, e ela prontamente respondeu que isso era um ponto positivo e tal. Já vi muita empresa correr quando fui mais dura e ela concordou prontamente.


Semana passada chegaram as caixinhas acima, um kit para cabelos coloridos, o novo tratamento profissional para cabelos com "escova" e o tratamento profissional para regeneração. Ainda estamos em testes e a galerinha "cobaia" está toda envolvida, mas ainda não vamos divulgar nossas considerações.


Para falar com mais precisão sobre a linha para cabelos coloridos, acabei de colorir meus cabelos e estou usando somente essa linha nesse período de testes. E para simular o que as leitoras/consumidoras fariam em suas casas, utilizei uma coloração comercial baratinha que eu gosto. Conto qual daqui a pouquinho =)

Beijocas...

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Schwarzkopf Essential Looks World Tour 2011

Fotos retiradas do www.ultragirl.com.br, da gatíssima May, minha "miga" da época do flickr.



Um dos motivos de eu ter ficado muuuito triste de não ter ido para Sampa essa semana foi o evento da Schwarzkopf. Recebemos o convite através do Diego da assessoria e como não pude ir, recebemos um link para assistir o evento ao vivo.

A Schwarzkopf na minha vida pessoal ficou marcada quando comprei as primeiras revistas e decidi que seria cabeleireira. O primeiro produto que comprei foi "endeusado" por um bom tempo... rss... Quando decidi fazer cursos, sonhava com a Academia ASK, um dos mais renomados centros de capacitação oferecidos pela marca. Quando recebi o elogio de uma educadora
Schwarzkopf aqui no blog quase estourei de alegria =) É uma das minhas marcas preferidas, pois o resultado é garantido.

Vocês não imaginam o que foi esse evento! Diferente dos eventos convencionais, o Wold Tour foi um grande show e os personagens se movimentavam, e muito. Dava para notar os efeitos dos cortes, a textura dos cabelos e as cores radiantes. Abaixo o release do evento, como já aconteceu mudei um pouquinho o texto do presente para o passado... rss...

A Schwarzkopf Professional trouxe, pela primeira vez na América Latina, o Essential Looks World Tour. O evento foi inspirado nas principais passarelas internacionais de moda e dita as novas tendências em cores, penteados e cortes de cabelos. Realizada no Brasil de 04 a 07 de abril, contou com a participação de renomados hairstylists do segmento de beleza, visando trazer inovação aos cabeleireiros e salões.

O Essential Looks é voltado para os cabeleireiros e tem duas edições anuais, nas quais as principais tendências são apresentadas por experts internacionais em cabelos.

No show de abertura, que aconteceu no dia 04 no espaço HSBC, foram apresentados visuais desenvolvidos por Tyler Johnston, conhecido pelo trabalho desenvolvido em famosos editoriais e também pelo icônico look “moicano” de David Beckham, Lesley Lawson, muito requisitada no mundo das celebridades por conta de sua criatividade e competência, que já cuidou do visual de Gywneth Paltron, Lily Allen, Daphne Guiness, entre outras grandes estrelas; além de Steve Hogan, Diretor Criativo Schwarzkopf Professional.

No segundo dia estava programado o Look & Learn, um remake dos looks mais gloriosos da passarela, mostrados passo a passo pelos renomados profissionais participantes do evento.

Nos demais dias foi realizado, na ASK Academia Schwarzkopf Professional, o Hands On, um evento voltado para um grupo de 30 cabeleireiros, onde esses profissionais colocarão em prática as tendências apresentadas no Essential Looks acompanhados pelos embaixadores globais da Schwarzkopf Professional.

Com a promoção de eventos aos cabeleireiros profissionais, a Schwarzkopf Professional garante qualidade e inovação ao mercado de beleza.


Sobre a Schwarzkopf Professional

A Schwarzkopf Professional nasceu em 1898, quando o químico Hans Schwarzkopf abriu, em Berlim, uma pequena farmácia com uma seção de perfumaria. Hans não gostava dos sabões caros e ásperos que eram utilizados para lavar os cabelos e criou, em 1903, seu primeiro produto, um shampoo em pó que se dissolvia na água. Em 1927 o talentoso Hans inventou o primeiro shampoo líquido e a empresa não parou mais de crescer e criar inovações.

Em 1996 a Schwarzkopf Professional tornou-se subsidiária da Henkel, multinacional alemã líder em marcas e tecnologias. Hoje possui uma linha completa de cuidados para cabelos, comercializada para profissionais em mais de 125 países, com as marcas IGORA Royal, Blond Me, Bonacure Heartherapy, Seah Hairspa, Osis, Silhouette, Natural Styling, Clynol Form, Strait Styling Glatt e Strait Therapy.


É ou não é para se apaixonar pela Schwarzkopf ?



Beijocas ♥



LinkWithin

Related Posts with Thumbnails