domingo, 4 de outubro de 2009

Corte

É inegável que um bom corte de cabelo transforma uma pessoa.
Por incrível que pareça, o corte aparece em primeiro lugar quando o quesito é testar um novo profissional, antes de se aventurar com uma química no novo estabelecimento o cliente faz um corte, se o mesmo for bem executado o cliente volta para fazer os demais procedimentos. Pode não ter muita lógica, mas faz sentido.

Antes de sentar na cadeira e pedir o corte da moda vamos falar um pouquinho sobre o assunto.

Visagismo
Visagismo é a arte de criar uma imagem pessoal que revela as qualidades interiores de uma pessoa, de acordo com suas características físicas e os princípios da linguagem visual (harmonia e estética), utilizando a maquilagem, o corte, a coloração e o penteado do cabelo, entre outros recursos estéticos.
A história do visagismo é longa e belíssima, vale a pena conferir
aqui e depois de ler navegar pelo site.
No Brasil o pioneiro é Philip Halawell que tem dois livros excelentes publicados, que são marcos no visagismo mundial. Hoje os melhores profissionais aliam suas técnicas com as técnicas do visagismo.

O visagismo engloba mais do que simetria facial e massa corporal, um dos pontos mais relevantes é o temperamento, que é dividido em Sanguínea, Colérica, Melancólica e Fleumática.

Sanguínea - Fleumática - Melancólica - Colérica
Claus Borges (penteados) - Fátima Monteiro (make-up) - Regina de Almeida (figurinos)
Sanguínea
A beleza sangüínea é luminosa e vibrante. Dinâmica, festiva e motivadora. É também destemida e criativa. Ligada ao sol, sua cor é o amarelo. Irradia alegria e entusiasmo.
A personalidade sangüínea é caracterizada pela extroversão e a energia. Sangüíneos ocupam espaço e gostam de estar no centro de atenções. Gesticulam muito, são inquietos e falam e riam alto. São curiosos e motivados por novidades. Não gostam de rotina, nem de ficar confinados, por isso preferem trabalhar fora de escritórios. Também gostam de pessoas e têm facilidade de entusiasmar os outros. Não têm medo de novas empreitadas, mas podem ser impulsivos e, até, imprudentes.
No entanto, têm dificuldade em se estruturar, se concentrar e de ser constante, o que pode levá-los a serem superficiais. Por isso freqüentemente não terminam o que começam e são dispersivos e desorganizados. Às vezes são inconvenientes, por causa do entusiasmo excessivo. São desligados e “esquecidos” e com tendência a sofrer acidentes.

Colérica
A beleza colérica expressa muita atitude. Poderosa, passional e independente, é também líder. Ligada ao coração, sua cor é o vermelho. Transmite força, coragem e determinação.
Os coléricos são pessoas fortes e decididas. Têm opiniões que expressam e defendem com força e paixão, o que faz com que pareçam intransigentes e autoritários. São emotivos e intensos. Podem ser explosivos, mas não guardam rancor. São fieis, corajosos, generosos e prezam a lealdade. Atuam em linha reta, perseguindo objetivos, e são obstinados, com tendência a serem teimosos. Terminam o que começam.
São motivados por desafios e podem ser insensíveis na busca dos seus objetivos. São dominadores, impacientes e intolerantes e podem ser arrogantes e orgulhosos. São líderes que podem se transformar em tiranos.

Melancólica
A beleza melancólica é elegante, sensível e artística. Profunda, charmosa e sofisticada. É ligada à água, sua cor é o azul. Transmite calma e organização.
Os melancólicos são sensíveis, quietos e introvertidos. Prezam a eficiência e competência, podendo ser perfeccionistas. São profundos, reflexivos e pensadores, com inclinação artística ou científica. Têm bom gosto e são refinados, com aparência bem cuidada. Preservam seu espaço e não gostam que sua privacidade seja invadida. Muitos são meigos e prestativos.
Relutam em se arriscar e tendem a ser ansiosos. São organizados e gostam de manter listas de tarefas, com tendência à inflexibilidade quanto a normas e regras. Essa característica pode fazer com que se tornem controladores e conservadores, tolhendo sua criatividade, embora idéias não lhes faltem.

Fleumática
A beleza fleumática é serena e espiritualizada. Meiga, acolhedora e abnegada. É também diplomática e amigável. Ligada ao éter, sua cor é o roxo. Transmite segurança e paz.
Os fleumáticos são amigáveis, pacientes e abnegados. São pacificadores e diplomáticos, pois não gostam de confrontos. Precisam de segurança, portanto não gostam de riscos. São constantes e fieis. São amorosos e carinhosos e transmitem um senso de satisfação e bem-estar. São adaptáveis e flexíveis, enquanto a sua comodidade não seja afetada.
Não são competitivos, nem ambiciosos. Satisfazem-se com pouco. Isso podem torná-los acomodados, desinteressados e, até, indolentes. Tendem a fugir de responsabilidades. Não gostam de incomodar os outros, porque não gostam de ser incomodados. Freqüentemente, deixam as escolhas para os outros, pensando que estão sendo agradáveis, sem perceber que isso pode ser muito irritante e deixa uma imagem de indeciso.
OBS: Ainda não domino visagismo, estou estudando e assim que tiver tudo na ponta da língua abordo o assunto novamente, ok?


Acertando na escolha do corte
Você já viu acima que o corte não é uma escolha ao acaso, muitos fatores determinam se você vai ter um corte bem sucedido ou não.

1º Seu Corte
Por mais que o cabelo da novela seja lindo, cool e esteja na moda, você deve respeitar seu biótipo e personalidade. Não tenha vergonha de perguntar ao profissional se o corte que você deseja ficará harmônico em você. Como eu já falei outras vezes, FUJA de profissionais evasivos que usam respostas prontas e não tratam cada cliente como ser individual, enxergam apenas as cifras ($).

2º Seu Tempo
Na hora de escolher o corte você deve analisar pontos como:
- O corte precisa de fonte de calor para estilizar? Um corte que depende de escovação, prancha ou baby liss senão deixa você com cara de macarrão é um corte que toma alguns minutos todos os dias, você dispõe desses minutos? Então faça!
- O corte precisa de manutenção em curtos períodos de tempo? Existem cortes que com 2 semanas ficam desalinhados e precisam de retoque.
Se você não dispõe de muito tempo ou dinheiro evite cortes “dependentes”, assim você não fica com aparência de desleixada quando não tiver tempo de estilizar.

3º Sua Personalidade
Já imaginou uma pessoa tímida com um chanel com bico frontal e nuca desfiada? NUNCA!
O corte deve traduzir a sua personalidade, ser sua marca e seu cartão de visitas.
A primeira vez que eu usei um batom vermelho vibrante parecia que todos os olhos estavam voltados para mim, enquanto eu não me senti confortável com a cor, toda vez que eu usava me sentia um ornitorrinco.
Imagina você com o corte de cabelo que não honra a sua personalidade? No caso do batom basta usar um lenço de papel, cabelo é mais complicado...
Encolheu
A maioria dos cortes é feito com os cabelos molhados, já notou que depois de seco o cabelo encolhe?
Cabelos lisos e levemente ondulados encolhem cerca de 2cm e cabelos cacheados a crespo podem encolher até 10cm!

Sempre que escolher um corte peça 2cm abaixo do que realmente deseja e se o profissional for precavido também vai cortar 2cm menos do que foi pedido, se você achar que está grande corte mais um dedinho, leia-se 1cm.

A maioria das mulheres se aventura a cortar a própria franja e o que mais nós vemos por aí são mulheres usando o famoso tic-tac ou presilha para segurar a franja mal sucedida, então quando você decidir fazer uma franja na altura do nariz corte na altura da boca e assim sucessivamente.
Cabelos crespos/cacheados devem evitar franja curta a não ser que mantenha sempre os cabelos escovados/pranchados. O famoso franjão na altura do queixo está liberado para os caracóis.

Eu sou conhecida por ter pena de cortar, mas não é pena é precaução. Se a cliente pede no pescoço eu faço no ombro, se precisar cortar mais agente corta, mas imagina o contrário? Se a cliente me fala que não ficou como ela tinha imaginado, ficou muito curto, mesmo que ela tenha pedido pode rolar uma situação desagradável para ambas as partes. Se eu deixo maior ainda tem cabelo pra cortar e diminuir, mas se ficou curto não tem como colar...

Um corte mal sucedido pode fazer uma pessoa infeliz por até 2 anos! Cortar não é só abrir e fechar tesoura!

Cortar a cada 3 meses
Em minha opinião se você tem como meta um cabelo longo não corte de 3 em 3 meses!
Se você curte seu cabelo igual ao dia que você cortou ou está tirando partes danificadas aos poucos pode contar de 3 em 3 meses tranquilamente.

Por que não cortar?
Seu cabelo cresce de 1cm a 1,1/2cm por mês, em 3 meses ele terá crescido de 3cm a 4,1/2cm.
A maioria dos profissionais não entende que quando você pede para cortar um dedinho é exatamente 1cm e sempre corta a mais, a média é que cortem de 2 a 3cm, acreditem eu já fiz o teste e ainda ouvi gracejos como “Seu cabelo é gostoso de cortar, agente acaba se empolgando!”.
Se sua meta é cabelos longos troque o “3 em 3” por “5 em 5” e invista em tratamentos nesse meio tempo.

Quase 1 ano atrás metade do meu cabelo estava condenado por excesso de coloração e mechas, comecei a cuidar com os produtos que eu indico aqui no blog e como eu não vivo sem camadas cortava sozinha com a técnica que
ensinei que proporciona camadas assimétricas sem tirar comprimento, uma vez ou outra procurava um profissional para acertar a base reta arredondando nas laterais. Não estou 100% satisfeita por que nós mulheres nunca ficamos, mas isso é matéria pra outro dia...

Beijocas e até a próxima ♥

7 comentários:

  1. Nossa!!!
    Eu passaria o dia todo lendo o que você escreve.

    ResponderExcluir
  2. Adorei as dicas...alguns cabelereiros idiotas que "TOSAM" cabelos poderiam aprender algumas coisas aqui.

    A Marina do Soho (al.campinas) detonou meu cabelo (que estava pela cintura), pedi pra ela 4 dedinhos e a jumenta cortou na altura dos ombros. Que ódio.Veja a foto no meu blog.Bjs

    http://experimenteicontei.blogspot.com/2009/10/nao-corte-o-cabelo-com-marina-do-soho.html

    ResponderExcluir
  3. Olá! Adorei suas dicas, e principalmente os produtos, pois muitos deles eu tbm já testei.
    Gostaria que, se possível, claro, vc pudesse responder uma dúvida minha: Fazem exatamente 09 meses que fiz escova definitiva em meus cabelos. Estou com uma raiz bem grande, e meus cabelos eram cacheados, mas nem finos e nem grossos. Tenhop muito cabelo, e gostaria de cortar a parte que ainda está com a Definitiva (não encaracola de jeito nenhum).
    A dúvida: Será que meu cabelo terá um corte satisfatório se eu cortar este mês?
    Vai ficar tipo um "black power"?
    Por favor, preciso de ajuda!
    Abraços!!

    ResponderExcluir
  4. Adoreei *.*
    Vou cortar assim ^^
    Eu sei bem como é essa parte dos cabeleleiros que cortam demais o cabelo, eu pedi em "v" a mulher cortou em "y" ficou super curto na frente e eu tenho cabelo cheio e cacheado, e ficou uma ponta enorme, resumindo ficou horrível, demorou quase uns dois anos para crescer, aí eu cortei, em casa, com tesoura cega de cortar papel rsrs em fio "reto", bom, o mais reto que consegui. rsrsrs

    ResponderExcluir
  5. Mais fácil aceitar uma "cagada" nossa nos nossos cabelos, do que confiar numa "profissional" q estrague nosso cabelo e ainda ter q pagar (bom,eu paguei e fiz devolver o $$).Essas pessoas que aprendam a escutar a cliente.

    ResponderExcluir
  6. Juscineila Oliveira27 de dezembro de 2010 08:04

    Amei suas dicas, será q vc pode fazer outros modelos de corte em casa??. Por favor vai! Um beijão. Jusci

    ResponderExcluir
  7. Seu blog é mt legal mesmo!
    Estou fazendo um estudo sobre todas estas coisas. Faço curso de cabelereiro e gostaria de fazer de tricologia, cosmetologia.
    Fiquei babando com suas explicações da Ep.
    Vc teria algumas apostilas ou matérias para me enviar?
    Abçs, e obrigada!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante, queremos saber a sua opinião sobre o tema!

# POR MOTIVO DE FORÇA MAIOR, NÃO POSSUÍMOS CANAL DE AJUDA E DÚVIDAS #

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails