segunda-feira, 19 de setembro de 2016

PRO: Tratamento Antioxidante Cabernet Vanity


O produto da resenha de hoje foi sem sombra de dúvida um dos melhores que eu tive o prazer de conhecer nos últimos anos. E não é porque fiquei afastada do blog que deixei de testar produtos, testei muitos e poucos tiveram um desempenho tão bom como esse tratamento da Vanity.

O Kit Cabernet foi um dos itens que recebemos na caixinha enviada pelo Igor e foi o que testamos primeiro. Confesso que a embalagem não foi o que me atraiu de cara, mas em se tratando de produtos profissionais, a embalagem é o que menos importa e sim os resultados, e esses a Vanity não fica devendo em nada.

As embalagens são de 1kg, ou seja, tamanho profissional e vem com válvula pump, o que facilita o manuseio e aplicação. O aroma é tipo love Spell da Victora Secrets.

Shampoo Antioxidante:
O Shampoo Antioxidante Cabernet é um produto transparente com aroma suave. Possui extrato de uva, queratina e colágeno.
A marca recomenda usar de 3 a 4 vezes até a obtenção de uma espuma densa. É um shampoo pré-tratamento e embora a embalagem não forneça o pH, acredito que fique na casa de um pH 7+, pois sua função é abrir cutículas e ele executa muito bem essa função. Eu recomendaria utilizar de 2 a 3 vezes antes de aplicar a máscara, sendo 2 vezes para cabelos mais sensibilizados (quimicamente tratados, descoloridos, etc) e 3 vezes para cabelos saudáveis.

Máscara Antioxidante:
A Máscara Antioxidante Cabernet é de coloração branca e possui o mesmo aroma suave do shampoo. Na tag onde coloco o tipo de tratamento fiquei em duvida sobre como classificar pois a marca o descreve como Hidratação, porém sua formulação contém óleo de uva e d-panthenol e o resultado obtido fica intermediário entre Hidratação e Nutrição, por isso coloquei nas duas tags.
A embalagem não fornece o pH, mas acredito que seja abaixo de 5 pois você sente as cutículas se fechando assim que aplica o produto sobre os fios. A marca recomenda o uso de vaporizador, mas eu posso garantir que com ou sem fonte de calor a absorção é excelente.

Desempenho:
Os resultados foram satisfatórios em todos os tipos de cabelos, o que é um ponto super positivo. Essa linha possui poder de nutrição em cabelos crespos, mas sem pesar em cabelos lisos.
Assim que aplicada a máscara, os fios absorvem a umectação e se tornam maleáveis e sedosos. Testamos com fonte de calor; só enluvando com as mão; só aplicando e penteando e os resultados foram muito próximos. Oferecendo resultados positivos até num teste rápido aplicando como condicionador (aplicando e aguardando 3 minutos durante o banho). 
Utilizamos também duas formas de finalização, com escovação e finalizando ao natural, e das duas maneiras essa linha confere sedosidade e brilho. Características obtidas após o fechamento perfeito das cutículas. 
Sabemos que é uma linha profissional, mas é um tratamento que eu recomendaria ter no banheiro e utilizar semanalmente para resultados ainda mais duradouros.


Se você quiser mais informações sobre a Vanity, os contatos do Igor são:
E-mail: contato@lojavanity.com.br 
Telefone: (27) 3332-5434
Celular: (27) 98127-1001 {whatsapp}

E caso você queira adquirir algum produto do site: www.lojavanity.com.br Pode usar o código: AMOCABELOS e recebe 20% de desconto. 

Beijocas..

OBS:
Essa matéria não é um publieditorial.

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Você gostaria de produzir o seu produto?



O assunto hoje é sobre um tema que eu passei muito tempo pesquisando quando abri meu salão em 2009. Eu queria produzir uma linha de cosméticos com o nome e a cara do meu salão.

Olha, se você acha difícil escolher namorado (a), imagina escolher algo que será como um filho?

Na época eu pesquisei algumas empresas pelo Brasil, mas as opções eram escassas e ainda na negociação preliminar eu não sentia confiança e desistia. Por fim, minha última tentativa foi com uma empresa do Rio (que não vou falar o nome), e aí o trauma foi concluído com sucesso, a linha da empresa ao invés de tratar os fios, deixava ainda mais danificado. Se a linha que eles produzem com o próprio nome é assim, imagina o que fazem quando o nome no rótulo não é deles? Mesmo assim, como eu já estava lá mesmo, solicitei um orçamento. A amostra prometida nunca ficou pronta e a quantidade mínima mensal era muito grande. Hoje acredito que foi papai do céu me livrando da roubada, com certeza!

Moral da história? Eu adiei esse projeto para uma outra oportunidade e esse filho nunca nasceu.

Mas por que estou contando isso para vocês? Porque fomos contactados pelo Igor da Vanity Cosméticos para conhecer os produtos da marca e conversando descobri que sim, a empresa trabalha com terceirização.

E por que eu estou indicando a Vanity? Não, eu não ganhei nada com isso. Mas lembra o que eu falei logo acima sobre a qualidade fazer diferença e dizer muito sobre o comprometimento da empresa? Se uma marca produz um produto com excelência, esse produto se torna a sua melhor propaganda. E foi isso que eu vi na Vanity Cosméticos.



O contato do Igor foi para apresentar as linhas profissionais da marca, – e posso falar que fiquei encantada com os resultados desde a primeira aplicação. Testamos em todos os tipos de cabelo e essa semana ainda começaremos com as resenhas sobre os produtos.  mas como pude atestar a qualidade e sabendo que a marca trabalha na modalidade terceirização, eu não podia deixar de contar para vocês.

Se você tem o seu salão, já imaginou que show revender o seu próprio produto de manutenção para o seu cliente? Com a fórmula escolhida por você?

A empresa faz um projeto personalizado com formulação de acordo com o seu desejo, embalagem, marca, etc. Para conhecer um pouquinho mais da empresa, clique aqui.

Os contatos do Igor são:
E-mail: contato@lojavanity.com.br 
Telefone: (27) 3332-5434
Celular: (27) 98127-1001 {whatsapp}

E caso você queira adquirir algum produto do site: www.lojavanity.com.br Pode usar o código: AMOCABELOS e recebe 20% de desconto. 


OBS:
Essa matéria não é um publieditorial.

terça-feira, 3 de maio de 2016

Absolut Repair Lipidium L'Oréal Professionnel


Em 2009 testamos a primeira versão da linha Absolut Repair da L'Oréal Professionnel e... caramba. Como fui genérica!!! #desculpa

Nos anos seguintes usei muitas vezes os produtos dessa linha e em comparação com a nova formulação posso dizer que muita coisa mudou, e pra melhor!

A linha sempre se intitulou reconstrutora. A versão anterior sempre cumpriu bem o papel de deixar os fios macios e com o uso frequente você notava sim uma melhora estrutural, mas era preciso usar por um período mais longo antes de notar aumento de resistência, principalmente em cabelos químicos.

A nova linha ganhou um nome a mais, e que na minha opinião faz toda a diferença, LIPIDIUM. Quem acompanha o blog desde sempre, sabe como a nutrição era pouco difundida e hoje eu fico muito feliz em ver que já caiu no gosto das marcas. 

O shampoo continua parecido, você lava uma vez e na segunda lavagem a espuma fica mais densa e cremosa, você sente que os fios estão prontos para a máscara.

A máscara continua bem emoliente, desmaia os fios assim que aplicada. Eu costumo aplicar, desembaraçar e prender para aguardar a pausa (3 - 5 minutos). Não uso fonte de calor e minha pausa fica dentro da média recomendada pelo fabricante. Quando você enxágua os fios, já consegue notar a diferença. A sensação tátil é de fios "encapsulados", é nítido o "preenchimento" da reconstrução e a sedosidade provocada pelo fechamento das cutículas nutridas. 

O creme modelador é um leave-in termoativado e complementa o tratamento facilitando a escovação.

O tratamento consegue executar muito bem dois tratamentos, nutrição e reconstrução, em um.

Durante os testes a linha apresentou resultados satisfatórios em todos os tipos de cabelos, tendo poder de nutrir fios crespos e não pesando em fios lisos. 
Com base nos testes, recomendamos o uso semanal para garantir  a manutenção em cabelos sadios e o uso 2x por semana para tratamento de choque em fios que precisam de um SOS de urgência. 


Beijocas e até a próxima...

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Óleo Argan Oil Infusion Inoar


Minha irmã é fã dos óleos da Inoar, e antes que um acabe ela já compra outro para alternar com os finalizadores preferidos dela. E foi assim que conheci o Argan Oil Infusion. 

Além do Óleo de Argan, contém óleo de Rosa Mosqueta, óleo de Girassol, óleo de Macadâmia e óleo de Oliva. Vitaminas A e E, Ômega 6 e 9.

A indicação na embalagem é misturar 5 gotas a um tratamento de "redução" da marca, onde o passo a passo, as precauções e o resultado indicam ser "Escova". Vou me ater somente ao que nos interessa, o óleo.

O produto é consistente, perfumado e de coloração verde clarinho.
Sabe um óleo bem grossinho e com um cheirinho bom que dura? Então, ele é assim. Eu curto essa textura principalmente para cabelos do frisado ao crespo. E foi principalmente nesses tipos de cabelos que observamos os melhores resultados.

Utilizamos no processo de finalização e não fica devendo em nada aos óleos mais famosos mundialmente. Ele se adapta a todos os tipos de cabelo, mas recomendo parcimônia no caso de cabelos com tendência a oleosidade, cabelos lisos e cabelos com pouco volume. 
Nas partes mais ressecadas, como pontas que passaram por processos químicos ele desempenha muito bem o papel de nutrição e após a escovação e prancha consegue inclusive disfarçar e gradativamente melhorar a textura e aparência.


Beijocas e até a próxima.

sábado, 16 de abril de 2016

Lycopene NPPE


Nem preciso dizer que sou fã da marca NPPE (Chihtsai), porém esse produtinho não me impressionou. 

Não sou fã de máscaras, condicionadores ou leave-ins com a proposta de proteção da cor, exceto os shampoos, que na minha opinião, são vitais para cabelos com coloração. 
Por que shampoos com função de proteção da cor são tão importantes e os demais nem tantos?
- Shampoos com proteção da cor possem pH baixo e ingredientes que proporcionam limpeza sem abertura demasiada de cutículas, protegendo o córtex onde se encontram os pigmentos.

O motivo que não me deixa comprar máscaras, condicionadores e leave-is color protector é que todas as máscaras e condicionadores que uso possuem pH abaixo de 4, logo já fazem a função de fechar cutículas.



Mas voltando ao Lycopene, é uma máscara aromática cremosa cor de pêssego e que deixa uma sensação refrescante no couro cabeludo.
Classifiquei como hidratação, pois foi esse o resultado abtido após os testes. Mas então, porque eu não me impressionei?

O Lycopene, eu diria que é um produto para cabelos que não precisam de muitos cuidados, ou seja, cabelos sadios. Levando em conta o alto custo e o melhor desempenho em cabelos lisos, ondulados e saudáveis, eu não o recomendaria como prioridade com relação a tratamento.

Beijocas. 

quinta-feira, 24 de março de 2016

Creative Crazy Colors Ice Green AltaModa



Voltando às resenhas, resolvi começar com um produtinho que já faz parte da minha rotina, as colorações fantasia. No final da matéria tem uma foto do motivo de ter um arco íris no meu banheiro rss..

Confesso que não levei muito a sério a proposta da Creative Crazy Colors à primeira vista, a caixa não me vendeu.  Passei um bom tempo olhando para a mesma enquanto minha prima, a pessoa que iria utilizar, não parava de falar. Visivelmente ansiosa e nervosa com a mudança da cor. Afinal não é muito comum mamães da minha cidade terem os cabelos verdes. 

Trata-se de uma coloração temporária com efeito condicionante, e como a maioria das similares do mercado, não contém amônia ou peróxidos (água oxigenada). 

Como toda coloração fantasia, ela exige descoloração prévia  quanto mais você descolorir, mais fiel a cor será. Por esse motivo não é recomendada para pessoas que possuem alisamentos, já que estes fios normalmente não suportam descoloração. Mas se você já leu essa matéria aqui do blog, sabe que não é impossível desde que seja feito por um profissional qualificado.

O que eu achei:
A cor do produto na embalagem é turquesa (que eu achei até mais bonita do que a cor que realmente fica), mas não se preocupe, fica verde sim. A tonalidade vai depender do grau de descoloração. quanto mais claro estiver o cabelo antes da aplicação, melhor.
Possui um aroma docinho agradável e rende bem.
Após enxaguar, os fios ficam macios com sensação tátil de condicionados.

De início ela queria descoloração global, mas consegui convencê-la a fazer mechas largas e tonalizar com tons de roxo, azul e verde.
Para o roxo usamos violeta de genciana e para o azul (que quase não aparece) usamos azul dimetileno.

Com flash e...

Sem flash.

Abaixo, as mudanças cabelísticas da filhota nos últimos 3 anos. Hoje ela mantém azul.

Beijocas...


terça-feira, 22 de março de 2016

Cabelo Químico x Cabelo Virgem



Uma das primeiras regras quando se trata de cabelos é que não se pode comparar cabelo virgem com cabelo modificado quimicamente, independente da química utilizada. 

Sempre falei aqui no blog que vivemos na era da informação, então nada mais lógico do que buscar sempre aprender coisas novas. Principalmente quando as informações serão relevantes para o nosso dia a dia, certo?

Então vamos lá, vou comparar o cabelo a uma pessoa. O cabelo virgem seria uma pessoa como eu e você. Às vezes ficamos resfriados, às vezes pegamos uma catapora, uma dengue... ou seja, coisas cotidianas que acontecem com uma certa frequência.
Já o cabelo quimicamente tratado, seria como a pessoa que precisou se submeter a uma cirurgia. 

Após uma gripe você se restabelece completamente, com suplementação vitamínica e alimentação balanceada, você mal se lembra da gripe nas semanas seguintes. Após uma cirurgia você precisa de cuidados especiais, a recuperação é lenta e muitas vezes você precisa manter cuidados permanentes.

Assim como a pessoa saudável que pode ocasionalmente contrair doenças corriqueiras, os fios virgens sofrem agressões corriqueiras como ressecamento por poluição, água do mar ou cloro, falta de nutrição derivada de longos períodos sem tratamento, etc. Todos problemas fáceis de serem contornados.

Porém os cabelos químicos precisam de cuidado redobrado constantemente, eu diria atenção como a do diabético ou hipertenso que precisa monitorar a glicemia e pressão arterial religiosamente.

Por que comparei os fios químicos com pessoas que realizaram uma cirurgia? Bom, apesar de não haver bisturi envolvido num procedimento químico capilar, algumas camadas de cutículas ou escamas precisam abrir para haver a mudança no córtex, que é a parte onde ocorre tanto a mudança estrutural no caso de um alisamento ou de cor no caso da coloração/descoloração

Os agentes alcalinos utilizados nesses processos podem danificar de forma permanente as cutículas dos cabelos, bem como gerar danos irreparáveis no córtex, independente do tempo que passe e dos tratamentos que sejam feitos. Então não adianta achar que porque já se passaram alguns meses o seu cabelo já estará virgem. uma vez alterado não há reversão na parte modificada. 

Já falamos algumas vezes aqui no blog sobre como identificar danos, Diagnóstico Capilar em Casa e  Querer X Precisar.

Então não tem o que ser feito com meu cabelo depois que fiz uma química?
Acalme-se Margarida do dia! Cabelos quimicamente modificados são quimicamente modificados por uma razão, certo? Ninguém em sã consciência colocaria um produto com pH 13 num cabelo se não fosse para fazer algo que o deixasse diferente e bonito, certo?

Porém não tem como comparar a saúde de um cabelo virgem com a de um cabelo que foi exposto por 40... 60 minutos a um produto com pH 13, por mais que já tenha 6 meses. A única parte virgem será a parte que cresceu após o procedimento, ou seja, a parte próxima à raiz.

Não espere que um produto tenha o mesmo desempenho em um cabelo quimicamente modificado como tem um cabelo virgem. Respeite cada condição e cuide de acordo com cada necessidade.

Nos próximos posts falaremos mais sobre tratamentos.

Beijocas...

sábado, 19 de março de 2016

Ainda Amo Cabelo

Mais de dois anos sem passar por aqui e hoje a saudade apertou. Bom... cá estou.

O final de 2013 não foi muito feliz, foi o precursor de um início de 2014 ainda pior com o meu divórcio.
Quando você passa metade da sua vida casada e do nada acaba, você se sente como uma criança tendo que reaprender a andar, falar, calcular e planejar pra um, mas você não morre, isso te deixa mais forte.
Fiz tudo que podia para evitar coisas que lembravam a vida antiga, até cicatrizarem todas as feridas. Aceitei um trabalho longe de casa, cortei o cabelão, passei por três cores de cabelo em uma única tarde, fiz minha primeira tattoo e descobri a noite, leia-se baladas =P 


Comecei a Dieta Dukan, perdi vinte e tantos quilos (dos quais hoje recuperei cerca de 10). 2014 foi ano de cicatrizar feridas e passar por uma nova cirurgia nos 45 minutos do segundo tempo, dia 29/12 passei por uma cirurgia de emergência (apendicite). Já 2015 foi o ano de colocar em prática todas as lições aprendidas no ano anterior, a mais valiosa foi aprender a dizer Não sem sentir culpa. Só fazer o que me faz feliz e está ao meu alcance, mesmo que por isso eu seja mal interpretada. 
Fui na primeira edição do Tomorrowland Brasil e EDC (ambos em SP) e preciso dizer que foi mais do que incrível.

Durante todo esse tempo o meu porto seguro foi minha família, minha mãe foi incrível como sempre, minha irmã fazia de tudo para me entreter e filhota passou de criança a mulher, me ouvindo, e ajudando. É incrível como às vezes os papéis se invertem..

Eu não precisava escrever nada disso, mas deveria, em respeito a cada mensagem de carinho recebida. Obrigada.

Beijocas e tô na área! 


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails